Matérias-primas em destaque - Petróleo, Ouro, Cobre e Café

15:49 31 de agosto de 2021

Petróleo

  • Os preços do petróleo aumentaram após o furacão Ida ter atingiod a costa do Golfo dos EUA. Quase 2 milhões de barris de produção diária foram suspensos. O encerramento das plataformas é temporário e as operações já começaram a ser retomadas.
  • Simultaneamente, a atividade das refinarias caiu para cerca de metade, muito menos do que a queda na produção. Isto sugere que os inventários de petróleo deverão cair drasticamente nas próximas semanas.
  • A OPEP+ está satisfeita com os atuais níveis de preços do petróleo (Brent perto dos 70 dólares por barril), sugerindo que a política de aumentar a produção em 400k bpd por mês pode ser mantida
  • A reunião da OPEP+ está agendada para 1 de Setembro de 2021 (esta quarta-feira)
  • O WTI continua a ser negociado em baixa, apesar do dólar americano continuar fraco
  • Além disso, o petróleo está perto de registar a maior queda mensal desde Outubro de 2020

A tendência de baixa no petróleo permanece clara, mesmo com a recente recuperação. O petróleo continua a ser negociado abaixo da linha de tendência de baixa. Fonte: xStation5

Curiosamente, os especuladores começaram a reduzir as suas posições no petróleo. O número de posições longas abertas caiu drasticamente, enquanto o número de posições curtas abertas aumentou ligeiramente. Como resultado, o posicionamento especulativo líquido caiu . Fonte: Bloomberg

Ouro

  • O ouro tem vindo a valorizar desde o discurso relativamente dovish de Powell na sexta-feira
  • Curiosamente, as yields nos EUA não caíram tanto como o dólar americano. O USD pode ser um factor chave para a continuação do movimento de alta no ouro
  • O relatório sobre o mercado de trabalho nos EUA, que será divulgado esta sexta-feira, poderá mudar as perspectivas em torno do dólar, das yields e também do ouro.
  • Se o relatório apresentar um aumento de mais de 800 mil novos empregos, poderá fazer com que a Reserva Federal se sinta pressionada em ajustar a atual política monetária
  • Olhando para o desempenho dos preços nos últimos 3 meses, a zona marcada entre os  $1,827 e $1,833 tem sido extremamente  importante.
  • Historicamente, o preço do ouro tende a registar fortes correções de baixa após as decisões de tapering da Fed. A reunião de Setembro da FOMC será fundamental para percebermos o próximo movimento no uro
  • Os especuladores continuam a aumentar as suas posições de compra sobre os futuros de ouro enquanto que os ETFs abrandam o ritmo das vendas de ouro

O ouro tem vindo a ser negociado ligeiramente abaixo da primeira grande resistência junto dos $1,827-1,833 zona. A linha de tendência de baixa marca a próxima grande resistência. Fonte: xStation5

O posicionamento especulativo líquido sobre o ouro situa-se nos níveis mais elevados desde Maio. O ritmo das vendas de ouro por parte dos ETFs abrandou recentemente. Fonte: ETF: Bloomberg

Cobre

  • O cobre começou a semana a registar um grande gap de alta à medida que o dólar continua a desvalorizar
  • Além disso, começam a surgir rumores de que o PBOC pode decidir reduzir ainda mais as reservas necessárias a fim de estimular a procura interna
  • Os aumentos dos preços do alumínio sugerem que a procura por cobre também deverá melhorar (principalmente do setor da construção)
  • Por outro lado, as perspectivas para 2022-2023 parecem menos favoráveis para os compradores devido ao grande aumento previsto em torno da oferta

 Pode-se esperar que a procura de cobre refinado aumente, dado que a sucata de cobre não está atualmente disponível na China. Fonte: Bloomberg

As reservas de cobre na bolsa de Xangai continuam a cair, o que pode apoiar a recuperação dos preços a curto prazo (assumindo que o USD mantém-se fraco). Fonte: Bloomberg

Café

  • As restrições severas impostas no Vietname podem dificultar não só a procura mas também a oferta. É de notar que o Vietname é o maior produtor mundial de café Robusta.
  • Rabobank diz que as recentes restrições nas viagens podem dificultar o transporte de café para os portos de exportação
  • Os preços do café Robusta ultrapassaram a marca dos 2.000 dólares por tonelada, o nível mais alto desde o início de 2018
  • As perspectivas para as colheitas de café brasileiras dependerão da forma como a estação das chuvas progride (início de Setembro). As plantas que sobreviveram à recente seca e geada estão a precisar de chuva. Se as chuvas não chegarem, as perspectivas para a produção brasileira poderão ser ainda mais reduzidas

O último aumento dos preçosdo Café (COFFEE) pode ser, até certo ponto, fundamentado pela recuperação do real brasileiro. Potenciais problemas de distribuição no Vietname, bem como as continuas incertezas sobre a produção brasileira, podem apoiar as valorizações nos preços do café. Fonte: xStation5

Declaração de Risco

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas. Esteja ciente de que dados de desempenho anteriores não são um indicador fiável de desempenho futuro.

Partilhar:
Voltar

Os CFD são PRIIPs, instrumentos complexos, e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 73% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD. Para mais info, clique aqui. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFD são PRIIPs, instrumentos complexos, e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 73% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD. Para mais info, clique aqui. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.