Matérias-primas em destaque - Petróleo, Ouro, Milho

15:22 1 de junho de 2021

Petróleo:

  • O preço do petróleo atingiu máximos de 2018
  • É pouco provável que a reunião da OPEP + venha a apresentar novas mudanças, espera-se manter os atuais níveis de produção até julho.
  • As últimas projeções dos membros da OPEP + apontavam para um déficit claro no mercado no que diz respeito à atual oferta 
  • Por outro lado, muitas instituições financeiras continuam a aumentar as suas projeções sobre a procura global por petróleo. De acordo com a ANZ, o déficit no terceiro trimestre poderá chegar aos 750 mil bpd, enquanto que no quarto trimestre o déficit poderá chegar aos 900 mil bpd, incluindo os 500 mil bpd adicionais provenientes da produção iraniana.
  • O Irão continua a ser um player importante no mercado de petróleo. As autoridades anunciaram que, quando as sanções forem suspensas, o país poderá aumentar a sua capacidade de produção para 6,5 milhões de bpd.
  • As previsões da EIA não apontam para uma retoma da produção iraniana em breve. O acordo pode ser alcançado antes do final de agosto. Fonte: BloombergO Irão produz mais de 2 milhões de bpd, mas oficialmente exporta "praticamente nada". Portanto, é importante a entrada em vigor do acordo, sendo mais importante do que o próprio ritmo de produção. Nesse caso, o Irão poderá rapidamente começar a exportar até 2 a 3 milhões de bpd por dia. Fonte: Bloomberg

Comece a investir hoje ou teste gratuitamente uma conta demo

Abrir Conta Real TESTAR A DEMO Download mobile app Download mobile app

O petróleo (OIL.WTI) continua a prolongar os ganhos. Se os compradores conseguirem manter o controlo do preço, a próxima importante zona de resistência a acompanhar estará localziada nos 76,00 $. Fonte: xStation5

Ouro:

  • O preço do ouro permanece acima da marca dos 1.900 dólares por onça. 
  • O ouro tem vindo a valorizar à medida que a inflação continua a aumentar nos EUA. No entanto, o principal fator de risco mantém-se em torno da evolução dos juros da dívida soberana a 10 anos.
  • Os ETFs têm aumentado as suas participações no ouro recentemente, mas ainda não há uma tendência clara de alta. Os investidores especulativos, por outro lado, voltaram a posicionar-se no ouro, sugerindo que alguns investidores deixaram o mercado das criptomoedas
  • O ouro tem vindo a valorizar à medida que a Bitcoin se manteve estagnada junto da marca dos 60.000 $.

O posicionamento de compra por parte dos ETFs ainda não é claro. Fonte: Bloomberg

Os preços do ouro começaram a aumentar quando a Bitcoin quebrou acima da marca dos 60.000 $. As recentes quedas na Bitcoin acabaram por impactar positivamente o ouro. Fonte: Bloomberg

O ouro já valorizou perto de 14% desde que atingiu mínimos durante o mês de março. A recente recuperação é associada À Bitcoin, mas também pelo fato das yields manterem-se estáveis. Fonte: xStation5

Milho:

  • Aproximadamente 90% do milho semeado americano está prestes a ser colhido
  • Existem preocupações com o clima durante o verão que poderá reduzir parte da colheita
  • Os primeiros dados sobre a qualidade das colheitas de milho dos EUA serão divulgados hoje à noite
  • Apesar das preocupações com a colheita e o estado do tempo, a procura por parte da china ainda se mantém elevada
  • O USDA confirmou na semana passada que mais de 5,6 milhões de toneladas de milho foram vendidos para a China. Sendo a maior venda realizada de matérias-primas para a China registada este ano

Após uma correção na ordem dos 18%, o preço do milho está a tentar recuperar durante a sessão de hoje e já subiu mais de 10% o último movimento de baixa.  Fonte: xStation5

Declaração de Risco

A XTB S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas. Esteja ciente de que dados de desempenho anteriores não são um indicador fiável de desempenho futuro.

Partilhar:
Voltar

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.