Abrir Conta Real Abrir Conta Demo

Será que a Fed vai desapontar os mercados?

12:55 30 de janeiro de 2019

Sumário:

  • Espera-se que a Reserva Federal deixe as taxas de juro inalteradas
  • O Banco Central pode sugerir uma pausa no aperto monetário, uma redução do balanço é do interesse dos investidores
  • Os mercadores podem ficar desapontados se a FED evitar declarações claras
 

A primeira reunião da FED em 2019 é hoje e será a primeira sem a apresentação de projeção de dados macroeconomicos na conferência de impresa (esta mudança foi anunciada a meio do ano de 2018). O aumento da volatilidade nos mercados financeiros e as preocupações o abrandamento do crescimento resulta numa expetativa de uma posição dovish por parte da FED.

 

Mercado em desacordo com a FED

Desde a reunião de Dezembro que vimos uma reprecificação maciça das taxas de juro. Enquanto o Banco Central sugeriu no mês passado que esperava dois aumentos de juros este ano e outro em 2020, os mercados estavam muito menos otimistas. Segundo o fundo futuro da FED, não haverá aumentos tarifários em 2019. Desde aí, as expetativas do mercado são negativas, sugerindo-se que a FED deixe as taxas de juro inalteradas este ano (. Since then, market expectations have evolved to the downside suggesting that the Fed would stay on hold this year (ao mesmo tempo temos visto até mesmo um corte nas taxas na mira da FED em 2019). Para o próximo ano, ha chances de o Banco Central dos EUA ser forçado a reduzir a taxa (14% de chance de acontecer em Janeiro de 2020). Esta descrença partilhada no seio dos participantes do mercado poderia, teoricamente, limitar a desvantagem do dólar, mas o problema é que o dólar está supervalorizado do ponto de vista histórico e pode encontrar poucas razões para se recuperar sem mais aumentos das taxas de juros.
 

QE Reverso: muito cedo para acabar?

O balanço da FED continua elevado, mesmo quando diminuiu 10% em relação ao pico. Fonte: Bloomberg, XTB Research
 

Nas últimas semanas, os membros da Reserva Federal, ambos "pombos e falcões", expressaram a mesma opinião de que o banco central dos EUA precisa adiar o aumento dos custos de empréstimos para avaliar o impacto dos aumentos anteriores da taxa sobre a economia. Eles podem ter sido solicitados a compartilhar essa perspetiva devido aos temores em torno da desaceleração económica global. Os EUA não são uma exceção, já que o efeito dos cortes nos impostos, bem como as perdas causadas por uma guerra comercial com a China, devem pesar sobre o PIB deste ano.
 

Dito isto, não seria prudente esperar que a FED declarasse que as taxas não seriam aumentadas. Ao mesmo tempo, a FED continua a reduzir o seu balanço no ritmo de $ 50 mil milhões  por mês (chamado de QE reverso), portanto, mesmo sem mais aumentos, experimentamos um aperto. Os mercados deviam, idealmente, ver a FED declarar não mais aumentos e uma data-alvo do fim da redução do balanço, ou pelo menos uma pausa. No entanto, pode ser muito cedo para a FED fazer uma reviravolta oficial - apenas um mês após o último aumento da taxa de juros.
 

Reação do mercado

US indices like US500 staged a V-shaped recovery in January and expectations for more dovish Fed were among the key reasons behind this renewed optimism. These were hopes - now it’s a delivery time for the Fed. A lack of details and language that is too vague could potentially disappoint investors. Looking at the US500 chart we can see that a rally has stopped below 2675 points - now a resistance level, while the key support is located at 2600 points.  

Os Índices norte-americanos como o US500 fizeram uma recuperação em V em janeiro e as expetativas para o Fed mais dovish estavam entre as principais razões por trás desse otimismo renovado. Estas foram esperanças - agora é um tempo de entrega para a FED. A falta de detalhes e a comunicação muito vaga pode dececionar os investidores. Olhando para o gráfico US500, podemos ver que um rali parou abaixo dos 2675 pontos - agora um nível de resistência, enquanto que o suporte chave está localizado nos 2600 pontos.

Source: xStation5

Declaração de Risco

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas, as quais poderão superar os montantes inicialmente depositados.

Partilhar:
Voltar

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

×