Destaques da manhã, por André Pires - 22/06/2020

04:59 22 de junho de 2020

A europa abre a sessão com um impulso positivo, depois de um pré-mercado pressionado por uma sessão asiática mista. A Ásia é ainda ameaçada por conflitos geopolíticos, com relatos que sugerem não ter havido negociações militares entre a China e Índia desde quinta-feira e que os dois países reforçam as suas posições perto da fronteira.

Pela europa, a situação parece menos tensa. Jens Weidmann, presidente do Bundesbank, acredita que o pior já passou para a economia alemã. No entanto, segundo carta do CEO da Lufthansa aos funcionários da empresa, o plano de resgate do Estado alemão, no montante de nove mil milhões de euros, poderá estar em risco, caso os acionistas reprovem o resgate, pondo em check a sobrevivência da empresa. 

A ameaçar este início de semana temos ainda um novo recorde de registo de novos casos de contágio por Covid-19 num único dia. 

O número de casos totais confirmados de coronavírus chegou a 9 milhões ontem, dos quais temos mais de 470 mil vítimas e 4,84 milhões de pessoas recuperadas.

Navarro, consultor comercial da Casa Branca, diz que seu país está a se preparar para uma eventual segunda onda de infeções por coronavírus, e o governo britânico deverá rever as regras de distanciamento social esta terça-feira.

Diz-se que a Itália está perto de aprovar um resgate de 6,3 mil milhões de euros para a Fiat Chrysler

Wirecard diz que os 1,9 mil milhões de euros talvez nem sequer existam.

Quanto ao calendário económico, por ser segunda-feira, as publicações são pouco relevantes, podendo os investidores focarem-se exclusivamente no fluxo de notícias. 

PoA União Europeia e a China realizam um encontro bilateral, por videoconferência, para debaterem o relacionamento futuro. Também hoje, o Eurostat divulga dados sobre o comércio entre os dois blocos em 2020.

Hoje, por videoconferência, a União Europeia e a China realizam um encontro para discutir o futuro da relação.

Partilhar:
Voltar

Negociar CFDs em uma base alavancada envolve uma quantidade significativa de risco. Eles podem não ser adequados para todos, por isso, certifique-se de entender completamente todos os riscos. Esta página não foi criada para investidores residentes no Brasil. Esta corretora não é autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários ("CVM"), mas é regulada por supervisores fora do Brasil. O conteúdo desta página não é caracterizado como uma oferta de investimento no Brasil ou para investidores residentes nesse país.

Forex e CFDs são produtos alavancados e podem resultar em perdas que excedem seus depósitos. Por favor, certifique-se de entender completamente todos os riscos. Esta página não foi criada para investidores residentes no Brasil. Esta corretora não é autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários ("CVM"), mas é regulada por supervisores fora do Brasil. O conteúdo desta página não é caracterizado como uma oferta de investimento no Brasil ou para investidores residentes nesse país.

As perdas podem exceder os depósitos

×