Padrões Ichimoku: Trigo (WHEAT)

11:10 4 de agosto de 2021

As colheitas de trigo da primavera na Dakota do Norte, o estado que mais produz esta "soft commodity" registou o nível mais baixo já desde1993 devido à seca severa nas planícies do norte . Além dessas preocupações com a oferta, a procura por parte da China ainda é muito elevada.
Os preços do trigo continuam recuperar e a serem negociados nos níveis mais altos dos últimos 2 meses. Mas, será que as recentes valorizações poderão prolongar-se?

Gráfico diário :

Depois dos compradores terem conseguido quebrar acima da nuvem Ichimoku diária, o preço acabou por atingir um novo máximo relativo junto da marca dos 718  (B), contudo, a força compradora acabou por não conseguir assumir o controlo do preço e acabou por surgir uma correção em baixa.
No entanto, no início da semana surgiu um novo sinal de alta, depois dos compradores terem conseguido quebrar novamente os vários obstáculos e terem-se posicionado acima da marca dos 38,2% da retração de Fibonacci.

Trigo (WHEAT), gráfico diário (D1). Fonte : xStation5

 

Gráfico de 4 horas :

Como se pode notar, as quedas que surgirem no final de julho foram interrompidas pela nuvem de Ichimoku, acabando por surgir um novo sinal de alta depois dos preços terem conseguido ultrapassar essa zona. O Tenkan (linha vermelha) atuou como zona de suporte durante o recente movimento de alta. Uma quebra abaixo desse nível seria um sinal de alerta para os compradores, pois os vendedores poderão pressionar os preços em baixa em direção à marca dos kijun (linha azul). 

Por outro lado, se a atual tendência se mantiver inalterada, as perspectivas continuam favoráveis para uma continuação de alta dos preços do trigo.

 

Trigo (WHEAT), gráfico de 4horas, Fonte: xStation5

 

Réda Aboutika, XTB França

Partilhar:
Voltar

Forex e CFDs são produtos alavancados e podem resultar em perdas que excedem seus depósitos. Por favor, certifique-se de entender completamente todos os riscos. Esta página não foi criada para investidores residentes no Brasil. Esta corretora não é autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários ("CVM"), mas é regulada por supervisores fora do Brasil. O conteúdo desta página não é caracterizado como uma oferta de investimento no Brasil ou para investidores residentes nesse país.

As perdas podem exceder os depósitos