Ações do BCP voltam a recuar

10:05 24 de janeiro de 2022

A bolsa portuguesa começa esta sessão a registar fortes quedas, desvalorizando mais de 2,4%, neste momento, apesar da última sessão, de sexta-feira, ter sido francamente positiva para o PSI-20 enquanto que os índices americanos fecharam em fortes quedas.

As ações do BCP (BCP.PT) lideram as perdas no início das negociações desta semana. As ações do banco seguem a desvalorizar mais de 1,5%.

Analisando o gráfico diário, conseguimos ver (como já tinha sido mencionado em artigos passados) que o preço acabou por perder o momentum de alta depois de ter testado os máximos relativos perto dos 0.17 cêntimos.
No entanto, uma vez que os vendedores estão a aproximar-se novamente do fundo do canal, poderá surgir uma recuperação a curto prazo neste ponto. Por outro lado, uma quebra abaixo da estrutura que já fora quebrada no passado, poderá ditar um novo movimento de baixa nas ações do BCP.

 



Gráfico Diário. Fonte: xStation 5

Henrique Tomé, Analista XTB

Declaração de Risco

A XTB S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas. Esteja ciente de que dados de desempenho anteriores não são um indicador fiável de desempenho futuro.

Partilhar:
Voltar

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.