Matérias-primas em destaque- Petróleo, ouro, gás natural, milho

16:33 25 de janeiro de 2022

Petróleo (BRENT):

  • O Brent recuou ligeiramente em relação aos seus recentes máximos recentes, mas a queda é relativamente pequena em comparação com as quedasde outros mercados, por exemplo, o mercado de ações
  • Recentemente, muitos bancos como o Goldman Sachs e o Bank of America indicaram que vêem os preços do Brent perto dos 100 dólares no terceiro trimestre deste ano
  • A Rússia é responsável por cerca de 40-50% das importações de petróleo na Europa, pelo que um potencial conflito com a Ucrânia pode levar a enormes mudanças no mercado petrolífero
  • Partindo do princípio de que o conflito é evitável, a Rússia pode ainda ser capaz de aumentar a produção de petróleo em 60.000 bpd por mês a partir dos 100.000 bpd assumidos, de acordo com o acordo OPEP +
  • A capacidade de reserva da OPEP deverá cair para cerca de 2 milhões de bpd até meados do ano, pouco antes do início da "época de condução". Este será o valor mais baixo deste indicador desde 2018 e indica que o aumento da oferta pode não acompanhar o ritmo da forte recuperação da procura.
  • Devido à indisponibilidade de capacidade de produção adicional, o JP Morgan espera 125 dólares por barril este ano e 150 dólares por barril no próximo ano

O Brent tem recuado ligeiramente depois de ter testado uma importante zona de resistência. No entanto, se ocorrer uma quebra acima dessa zona, o próximo alvo para os compradores poderá ser a marca dos 100 dólares. Fonte: xStation5

Comece a investir hoje ou teste gratuitamente uma conta demo

Abrir Conta Real TESTAR A DEMO Download mobile app Download mobile app

Ouro:

  • O ouro quebrou acima dos 1,833 dólares por onça de zona, que tem servido como uma importante zona de resistência
  • O ouro tende a manter a valorizar após a primeira subida das taxas de juro no prazo de 1 ano. Por outro lado, olhando para o gráfico, podemos ver algumas semelhanças com o período de 2011-2013. Isto pode significar que o movimento de alta poderá levar mais tempo, aumentando o risco de uma eventual consolidação no curto e médio prazo

O ouro está a registar ganhos este mês, mas não se pode decartar a possibilidade de vir a repetir o comportamento de 2011-2013, quando o ouro voltou a testar a marca dos 1.800 dólares. Fonte: xStation5

Gás Natural:

  • Apesar do elevado risco relacionado com a potencial suspensão das importações de gás para a Europa, os preços do gás nos EUA continuam sob pressão, mesmo com o aumento adicional esperado das exportações de GNL
  • As previsões meteorológicas não indicam que o tempo esteja a piorar. Vale a pena lembrar que a avaria meteorológica do ano passado danificou as infra-estruturas
  • As reservas de gás dos EUA permanecem estáveis

Os inventários de gás dos EUA estão na média de 5 anos. Fonte: EIANATGAS - Os preços do gás nos EUA continuam sob pressão. Fonte: xStation5

Milho:

  • Os preços do milho nos EUA atingiram 620 cêntimos por bushel, o seu nível mais alto desde meados de 2021
  • Devido à forte procura de grãos de soja da China, espera-se que os agricultores americanos passem do milho para a soja.
  • A S&P Platts indica que a mudança irá afectar 3 milhões de acres na época de 2022/2023.
  • Isto porque os grãos de soja precisam de menos fertilizantes do que o milho, e os preços actuais da energia estão a aumentar os preços dos fertilizantes em todo o mundo, o que poderá levar a um aumento adicional da inflação alimentar.

As expectativas apontam para uma redução da área de produção de milho, o que, em meio a um aumento da procura, pode levar a uma maior pressão ascendente sobre os preços. Fonte: Plataformas S&PO preço do milho está a testar os níveis de fibonacci nos 50,0%, esta zona poderá provocar um novo momentum no preço da matéria-prima. Fonte: xStation

Declaração de Risco

A XTB S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas. Esteja ciente de que dados de desempenho anteriores não são um indicador fiável de desempenho futuro.

Partilhar:
Voltar

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.