Resumo diário: otimismo moderado nos mercados leva o US500 perto de novos máximos 📌

18:54 29 de novembro de 2023

 

  • O dia de hoje trouxe ganhos moderados em Wall Street, com o US500 e o US100 a subirem 0,25-0,35%, num contexto de ligeiro fortalecimento do dólar. O US500 está a ser negociado a 4580 pontos, um pouco abaixo dos máximos deste ano, em torno dos 4630 pontos.
  • Os índices europeus terminaram o dia com ganhos substanciais. O DAX da Alemanha e o FTSE MiB da Itália ganharam 1,30%, enquanto o índice blue chip WIG20 da Polónia perdeu 0,80%. No mercado cambial, o dólar da Nova Zelândia (NZD) e o franco suíço (CHF) destacaram-se com ganhos. 
  • Os comentários dos membros do Fed hoje são bastante dovish:
  • Bostic, da Fed, reflecte um tom cauteloso mas otimista em relação à economia dos EUA. Sublinha que atingir uma taxa de inflação de 2% será um desafio, mas possível, sustentando que a Fed está no caminho certo para combater eficazmente a inflação.
  • Barkin, da Fed, adopta uma posição mais cautelosa. Observa um abrandamento das despesas de consumo, mas não vê uma quebra significativa. Barkin adverte que as conversações sobre cortes nas taxas de juro são prematuras e prevê que a inflação pode ser mais persistente do que o esperado.
  • O Banco da Reserva da Nova Zelândia decidiu manter as taxas de juro estáveis em 5,50%, como esperado pelo mercado. A força do NZD deveu-se ao facto de o RBNZ ter aumentado as suas previsões para as taxas de juro e aos comentários hawkish do Governador do RBNZ, Orr.
  • A inflação em Espanha ficou significativamente abaixo das expectativas, em 3,2% em termos anuais, em comparação com os 3,7% esperados e os 3,5% anteriores, indicando que taxas mais elevadas do BCE são provavelmente eficazes.
  • A Alemanha também registou uma descida da inflação. Os dados de novembro mostram um declínio para 3,2% em termos anuais, contra as expectativas de uma queda de 3,5% e um nível anterior de 3,8%.
  • O PIB dos EUA (segunda leitura) foi melhor do que os dados iniciais de outubro. O crescimento foi de 5,2% a uma taxa anualizada, superior aos 4,9% inicialmente esperados. Foram também registados componentes de inflação e consumo privado mais baixos.
  • Os inventários de petróleo, de acordo com o DOE, aumentaram menos do que antes, mas nenhum aumento era essencialmente esperado. Os inventários aumentaram em 1,6 milhões de barris, com os stocks de destilados e de gasolina a aumentarem mais. O petróleo inicialmente perdeu terreno, mas depois voltou a um ganho diário.
  • As criptomoedas estão a registar quedas moderadas. Embora perto dos máximos locais, a Bitcoin não conseguiu manter-se acima do nível de 38.000 USD. No momento da publicação, a BTC caiu 0,40% para 37.700 USD.

 

Comece a investir hoje ou teste gratuitamente uma conta demo

Abrir Conta TESTAR A DEMO Download mobile app Download mobile app

Este material é uma comunicação de marketing na aceção do artigo 24.º, n.º 3, da Diretiva 2014/65 / UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 15 de maio de 2014, sobre os mercados de instrumentos financeiros e que altera a Diretiva 2002/92 / CE e Diretiva 2011/61/ UE (MiFID II). A comunicação de marketing não é uma recomendação de investimento ou informação que recomenda ou sugere uma estratégia de investimento na aceção do Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho de 16 de abril de 2014 sobre o abuso de mercado (regulamentação do abuso de mercado) e revogação da Diretiva 2003/6 / CE do Parlamento Europeu e do Conselho e das Diretivas da Comissão 2003/124 / CE, 2003/125 / CE e 2004/72 / CE e do Regulamento Delegado da Comissão (UE ) 2016/958 de 9 de março de 2016 que completa o Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito às normas técnicas regulamentares para as disposições técnicas para a apresentação objetiva de recomendações de investimento, ou outras informações, recomendação ou sugestão de uma estratégia de investimento e para a divulgação de interesses particulares ou indicações de conflitos de interesse ou qualquer outro conselho, incluindo na área de consultoria de investimento, nos termos do Código dos Valores Mobiliários, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 486/99, de 13 de Novembro. A comunicação de marketing é elaborada com a máxima diligência, objetividade, apresenta os factos do conhecimento do autor na data da preparação e é desprovida de quaisquer elementos de avaliação. A comunicação de marketing é elaborada sem considerar as necessidades do cliente, a sua situação financeira individual e não apresenta qualquer estratégia de investimento de forma alguma. A comunicação de marketing não constitui uma oferta ou oferta de venda, subscrição, convite de compra, publicidade ou promoção de qualquer instrumento financeiro. A XTB, S.A. - Sucursal em Portugal não se responsabiliza por quaisquer ações ou omissões do cliente, em particular pela aquisição ou alienação de instrumentos financeiros. A XTB não aceitará a responsabilidade por qualquer perda ou dano, incluindo, sem limitação, qualquer perda que possa surgir direta ou indiretamente realizada com base nas informações contidas na presente comunicação comercial. Caso o comunicado de marketing contenha informações sobre quaisquer resultados relativos aos instrumentos financeiros nela indicados, estes não constituem qualquer garantia ou previsão de resultados futuros. O desempenho passado não é necessariamente indicativo de resultados futuros, e qualquer pessoa que atue com base nesta informação fá-lo inteiramente por sua conta e risco.

Partilhar:
Voltar
Xtb logo

Junte-se a mais de 935.000 investidores de todo o mundo

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 76% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 76% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.