Correlação de Moedas

  • Forex
4 minuto(s)

O mercado financeiro é um sítio complicado no qual são negociados diversos instrumentos. Cada ativo tem as suas próprias especificações e fatores que podem influenciar o seu preço. Ainda assim, deve lembrar-se que independentemente das suas diferenças, alguns instrumentos costumam mover-se em tandem. O que é que isto significa? Imagine que o par AUD/USD está a aumentar. Ao mesmo tempo, os pares NZD/USD e CAD/JPY podem estar também a aumentar. E se for habitual que esta situação se repita? É por causa da correlação de moedas.

Nesta aula, vai aprender:

  • O que é a correlação e como pode ser usada no trading
  • Como medir a correlação na xStation5
  • Quais são as correlações mais populares no mercado de FX

O mercado financeiro é um sítio complicado no qual são negociados diversos instrumentos. Cada ativo tem as suas próprias especificações e fatores que podem influenciar o seu preço. Ainda assim, deve lembrar-se que independentemente das suas diferenças, alguns instrumentos costumam mover-se em tandem. O que é que isto significa? Imagine que o par AUD/USD está a aumentar. Ao mesmo tempo, os pares NZD/USD e CAD/JPY podem estar também a aumentar. E se for habitual que esta situação se repita? É por causa da correlação de moedas.

O que é a correlação

A correlação é uma das estatísticas mais comuns e mais úteis. A correlação é um único número que descreve o grau de relação entre dois ativos. Pode ser usada em ativos ou ações individuais, ou pode medir como os mercados mais abrangentes se movem um em relação ao outro. É medido numa escala de -1 a +1. Uma correlação positiva perfeita entre dois ativos tem uma leitura de +1. Uma correlação negativa perfeita tem uma leitura de -1. No entanto, estes resultados são extremamente raros. Vejamos o seguinte exemplo visual.

                                             xStation5

Como pode ver, existe uma boa correlação entre os pares USD/JPY e EUR/CHF. Dois pares diferentes, quatro moedas diferentes, mas em movimento na mesma direção. Isto é definido como uma correlação positiva, porque ambos os mercados se movem em tandem - por outras palavras, um mercado aumenta à medida que o outro aumenta, e diminui à medida que o outro diminui. É claro que esta é uma regra geral e pode acontecer que ocorra um desvio. Neste exemplo em particular, a forte correlação é o resultado de um fator de risco que tem um papel muito importante tanto para o JPY como para o CHF. É por isso que os pares USD/JPY e EUR/CHF aumentam ao mesmo tempo.

Correlações que vale a pena considerar

O nosso exemplo anterior não é a única correlação para a qual vale a pena olhar. O EUR/USD pode mover-se em tandem com o USD/SEK devido a dois fatores. Em primeiro lugar, a Suécia está a trabalhar de perto com a União Monetária Europeia, uma vez que estas economias estão intimamente ligadas. Em segundo lugar, tanto o Banco Central Europeu como o Riskbank estão a levar a cabo políticas monetárias semelhantes. É claro que esta última pode alterar-se, mas nos últimos 10 anos, o banco central da Suécia tem seguido a parceira Europa. É por isso que a coroa sueca se comporta de forma semelhante à moeda europeia e é por isso que o par USD/SEK se assemelha ao par EUR/USD. No entanto, deve lembrar-se que existe uma correlação negativa entre o EUR/USD e USD/SEK. Um movimento ascendente do EUR/USD segue-se normalmente de um movimento descendente de USD/SEK. Tanto o EUR como o SEK ganham, mas as cruzes movem-se em direções diferentes. É a isso que chamamos uma correlação negativa forte.

                  xStation5

Mais ainda, pode haver uma situação em que duas moedas de duas economias completamente diferentes se comportam quase da mesma forma. Vejamos, por exemplo, as moedas de mercados emergentes. O florim húngaro (EUR/CHF) estava a mover-se na mesma direção que o rand sul-africano (USD/ZAR). Duas moedas completamente diferentes, dois continentes diferentes, duas economias diferentes. Por isso, porque se comportam desta forma? Os cabazes de moedas de mercados emergentes são a resposta. As moedas emergentes tendem a perder quando o sentimento se deteriora e a ganhar quando os ânimos melhoram.

                         xStation5

Estratégia

O facto de algumas moedas estarem correlacionadas umas com as outras pode ter um papel importante nas suas negociações. Uma correlação negativa entre moedas pode ser usada para restringir o seu portefólio. Por exemplo, se está numa posição longa em EUR/USD e quiser limitar a sua posição, pode comprar o par USD/SEK. Devido à correlação negativa entre estas duas cruzes, os seus lucros e perdas serão mais pequenos. Quando um ganha, o outro deverá perder. Mais ainda, também pode olhar para a correlação para diversificar o seu portefólio. Quanto menos correlacionados estiverem os seus ativos, maior a diversidade.

Este material é uma comunicação de marketing na aceção do artigo 24.º, n.º 3, da Diretiva 2014/65 / UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 15 de maio de 2014, sobre os mercados de instrumentos financeiros e que altera a Diretiva 2002/92 / CE e Diretiva 2011/61/ UE (MiFID II). A comunicação de marketing não é uma recomendação de investimento ou informação que recomenda ou sugere uma estratégia de investimento na aceção do Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho de 16 de abril de 2014 sobre o abuso de mercado (regulamentação do abuso de mercado) e revogação da Diretiva 2003/6 / CE do Parlamento Europeu e do Conselho e das Diretivas da Comissão 2003/124 / CE, 2003/125 / CE e 2004/72 / CE e do Regulamento Delegado da Comissão (UE ) 2016/958 de 9 de março de 2016 que completa o Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito às normas técnicas regulamentares para as disposições técnicas para a apresentação objetiva de recomendações de investimento, ou outras informações, recomendação ou sugestão de uma estratégia de investimento e para a divulgação de interesses particulares ou indicações de conflitos de interesse ou qualquer outro conselho, incluindo na área de consultoria de investimento, nos termos do Código dos Valores Mobiliários, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 486/99, de 13 de Novembro. A comunicação de marketing é elaborada com a máxima diligência, objetividade, apresenta os factos do conhecimento do autor na data da preparação e é desprovida de quaisquer elementos de avaliação. A comunicação de marketing é elaborada sem considerar as necessidades do cliente, a sua situação financeira individual e não apresenta qualquer estratégia de investimento de forma alguma. A comunicação de marketing não constitui uma oferta ou oferta de venda, subscrição, convite de compra, publicidade ou promoção de qualquer instrumento financeiro. A XTB, S.A. - Sucursal em Portugal não se responsabiliza por quaisquer ações ou omissões do cliente, em particular pela aquisição ou alienação de instrumentos financeiros. A XTB não aceitará a responsabilidade por qualquer perda ou dano, incluindo, sem limitação, qualquer perda que possa surgir direta ou indiretamente realizada com base nas informações contidas na presente comunicação comercial. Caso o comunicado de marketing contenha informações sobre quaisquer resultados relativos aos instrumentos financeiros nela indicados, estes não constituem qualquer garantia ou previsão de resultados futuros. O desempenho passado não é necessariamente indicativo de resultados futuros, e qualquer pessoa que atue com base nesta informação fá-lo inteiramente por sua conta e risco.

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 81% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 81% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.