Definir a dimensão do posicionamento

  • Análise técnica
5 minuto(s)

Definir a dimensão do posicionamento é um dos aspetos mais importantes do trading financeiro, porque os volumes que negoceia podem afetar tanto o risco que incorre, como o seu estado de espírito. Abrir uma posição demasiado grande pode causar ansiedade ou dúvida a cada pequeno movimento no mercado, ou arrasar com toda a sua conta – e abrir uma posição demasiado pequena pode deixá-lo com sentimentos de ganância e arrependimento por não obter lucros maiores.

Nesta aula, vai aprender:
 

  • O que é essencial para permanecer no mercado a longo prazo
  • Quais são as regras que o podem ajudar a prevenir perdas significativas
  • Por que razão é que saber escolher a dimensão apropriada para a negociação é uma das competências mais importantes

Definir a dimensão do posicionamento é um dos aspetos mais importantes do trading financeiro, porque os volumes que negoceia podem afetar tanto o risco que incorre, como o seu estado de espírito. Abrir uma posição demasiado grande pode causar ansiedade ou dúvida a cada pequeno movimento no mercado, ou arrasar com toda a sua conta – e abrir uma posição demasiado pequena pode deixá-lo com sentimentos de ganância e arrependimento por não obter lucros maiores.

O que é exatamente a definição da dimensão do posicionamento?

Definir a dimensão do posicionamento pode ser descrito como escolher a quantidade certa de risco. Mas qual é exatamente a “quantidade certa”? Bem, à semelhança do seu plano de trading, que deve incluir a sua visão do mercado e ser adequada a si, a definição da dimensão do seu posicionamento também depende de si e do seu estilo de negociação.

Obviamente que um dos fatores mais importantes para definir a dimensão da posição é a quantidade de capital que pode negociar. Se tiver um depósito relativamente modesto e selecionar um volume de negociação demasiado alto para a sua conta, só vai precisar de uma má decisão ou de uma negociação falhada para ficar com uma conta vazia. Quanto mais capital entra na negociação, maior é o risco.

Por outro lado, alguns traders preferem negociar de forma mais agressiva e sentem-se mais confortáveis a assumir mais riscos, dependendo do grau de certeza das suas convicções para uma negociação concreta. Quando encontrar um tamanho de posicionamento com o qual se sente confortável, há algumas perguntas úteis que pode colocar a si próprio:

 

  • Numa escala de 0 a 10 (0 sendo nada, 10 sendo extremamente), quão tolerante ao risco é?
  • Quantas negociações sente que é confortável gerir/abrir ao mesmo tempo? Procura agarrar-se a essas negociações durante um período de tempo mais longo, ou sente que as negociações intradiárias são mais apelativas?
  • Sente-se confortável a depositar e negociar quanto dinheiro? Quanto estaria disposto a arriscar poe negociação?

Avancemos para um exemplo. Imagine um trader com um depósito de 1000$, inclinado a adotar uma abordagem mais conservadora e que está interessado no mercado forex. Vamos também imaginar que a reunião da Reserva Federal está prestes a decorrer e que o nosso trader quer comprar o par EUR/USD, uma vez que a sua expectativa é de que o par vá valorizar durante a reunião. No entanto, sente que é um risco considerável, já que o banco central pode também apoiar o dólar enviando uma mensagem hawkish, o que levaria a um movimento descendente do par EUR/USD. Então, o que deve fazer o trader se, ainda assim, quiser comprar este par de moedas? O trader deve abrir uma posição menor. Com uma definição inadequada do tamanho da sua posição, no entanto, ele compromete demasiado do seu capital na negociação. Se a Fed de facto apoiar o dólar, o nosso trader perde uma grande parte do seu capital, independentemente de ter ativado uma ordem de stop loss. Escolher a dimensão adequada da sua posição é crucial para se proteger de grandes perdas e para permanecer no mercado a longo prazo.

Investir, não apostar

Então, como deve um trader encarar a procura por participações mais significativas? Primeiro, deve avaliar o seu apetite por risco, como vimos acima. Os traders só devem investir aquilo a que se chama “dinheiro de risco”, que é aquele que se for perdido, não tem um impacto negativo nas suas vidas. Em segundo lugar, cada trader deve definir quanto está disposto a perder em qualquer negociação. Por isso, por exemplo, se tiver 1000$ disponíveis para negociar, deve decidir que percentagem desse valor está disposto a arriscar perder por cada negociação. Tipicamente, a percentagem recomendada é entre 2 a 3%, mas pode ir até 5 ou 10% (em estratégias que assumam maior risco). Porque não mais? A resposta está em aritmética simples. Se perder 50% do seu capital, significa que terá de ganhar 100% do que sobrar apenas para repor o que perdeu. Uma perda de 2% numa posição não terá um impacto significativo no seu capital, e por isso não impacta a sua estratégia. É também por isso que é necessário que a sua posição tenha a dimensão adequada, a fim de prevenir um abatimento tal no seu capital que acabe com a sua jornada de trading em segundos.

É claro que pode haver uma situação em que se deve questionar se é apropriado entrar com uma posição maior tendo em conta a recompensa: o rácio de risco/recompensa pode não ser elevado o suficiente para entrar com uma negociação. Responder corretamente a esta questão requer uma compreensão da sua metodologia de trading ou da sua apetência por risco. Arriscar demasiado deveria ser considerado apostar, e não investir. Regra geral, os traders mais bem-sucedidos criam e seguem um conjunto de regras rigorosas, e não se afastam dos seus planos de trading. Não há muitas histórias de sucesso sobre traders que arriscaram tudo e tiveram um retorno incrível.

Importância de escolher a dimensão apropriada para o seu posicionamento

Para determinar quanto deve arriscar na sua negociação, e para obter o máximo de retorno possível nos seus investimentos, deve calcular sempre o número de pips que perderia se o mercado se movesse a seu desfavor se a sua ordem de stop loss for atingida. No trading, é crucial utilizar estas ordens, especialmente com um mercado que se comporta como o forex, com movimentos rápidos e períodos de enorme volatilidade. Mais ainda, negociar uma posição demasiado elevada pode levar a enormes perdas, independentemente de ter uma ordem de stop loss muito rígida. Escolher a dimensão adequada para a sua negociação é essencial para que permaneça no mercado a longo prazo. É isso que separa o trading das apostas.

Este material é uma comunicação de marketing na aceção do artigo 24.º, n.º 3, da Diretiva 2014/65 / UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 15 de maio de 2014, sobre os mercados de instrumentos financeiros e que altera a Diretiva 2002/92 / CE e Diretiva 2011/61/ UE (MiFID II). A comunicação de marketing não é uma recomendação de investimento ou informação que recomenda ou sugere uma estratégia de investimento na aceção do Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho de 16 de abril de 2014 sobre o abuso de mercado (regulamentação do abuso de mercado) e revogação da Diretiva 2003/6 / CE do Parlamento Europeu e do Conselho e das Diretivas da Comissão 2003/124 / CE, 2003/125 / CE e 2004/72 / CE e do Regulamento Delegado da Comissão (UE ) 2016/958 de 9 de março de 2016 que completa o Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito às normas técnicas regulamentares para as disposições técnicas para a apresentação objetiva de recomendações de investimento, ou outras informações, recomendação ou sugestão de uma estratégia de investimento e para a divulgação de interesses particulares ou indicações de conflitos de interesse ou qualquer outro conselho, incluindo na área de consultoria de investimento, nos termos do Código dos Valores Mobiliários, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 486/99, de 13 de Novembro. A comunicação de marketing é elaborada com a máxima diligência, objetividade, apresenta os factos do conhecimento do autor na data da preparação e é desprovida de quaisquer elementos de avaliação. A comunicação de marketing é elaborada sem considerar as necessidades do cliente, a sua situação financeira individual e não apresenta qualquer estratégia de investimento de forma alguma. A comunicação de marketing não constitui uma oferta ou oferta de venda, subscrição, convite de compra, publicidade ou promoção de qualquer instrumento financeiro. A XTB, S.A. - Sucursal em Portugal não se responsabiliza por quaisquer ações ou omissões do cliente, em particular pela aquisição ou alienação de instrumentos financeiros. A XTB não aceitará a responsabilidade por qualquer perda ou dano, incluindo, sem limitação, qualquer perda que possa surgir direta ou indiretamente realizada com base nas informações contidas na presente comunicação comercial. Caso o comunicado de marketing contenha informações sobre quaisquer resultados relativos aos instrumentos financeiros nela indicados, estes não constituem qualquer garantia ou previsão de resultados futuros. O desempenho passado não é necessariamente indicativo de resultados futuros, e qualquer pessoa que atue com base nesta informação fá-lo inteiramente por sua conta e risco.

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 81% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 81% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.