Abertura de Mercado - 15 de Julho de 2019

08:15 15 de julho de 2019

Por Carla Maia Santos

Team Leader & Senior Account Manager 

 

As bolsas abrem em alta, nesta segunda-feira, com os dados positivos divulgados sobre a segunda maior economia mundial, a China.

Espera-se que as medidas de estímulo vindas de Pequim, comecem a animar a economia e os investidores. As vendas a retalho, a produção industrial e o investimento saíram positivos. Aquém, ficou o crescimento do PIB, mas saiu em linha com o esperado, nos 6.2%.

Erdogan, presidente da Turquia, diz que as taxas de juro vão baixar e assim vão conseguir controlar a inflação galopante, que anda na ordem dos 15%. Estas declarações seguem-se depois de o presidente demitir o presidente do Banco Central, que teimava em não querer baixar as taxas. O Banco Central é agora liderado por Murat Uysal e espera-se que este corte as taxas, já a 25 de julho. 

O presidente do Banco Central da Polónia manteve as taxas de juro, mas avançou com um discurso extremamente postivo, sobre a atual conjuntura económica que se vive no país. A economia está a crescer, na ordem dos 4.7%, e espera que a inflação desacelere. O poder de compra das famílias está a crescer, face aos incentivos fiscais que o país está a promover e face à subida dos salários. Estas notícias beneficiam as empresas portuguesas, que têm apostado no país para internacionalização, como a Jerónimo Martins e o BCP. Mais de metade das vendas da JM já vêm da Polónia e a nível técnico, esta testa uma forte resistência dos 14 EUR. A quebra em alta alerta os investidores para as compras, e para o próximo nível dos 18 EUR

Declaração de Risco

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas, as quais poderão superar os montantes inicialmente depositados.

Partilhar:
Voltar

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 77% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 77% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 77% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

×