Ações da FedEx disparam mais de 8%

17:15 24 de junho de 2022

A FedEx (FDX.US) divulgou os seus resultados trimestrais referentes ao último trimestre, bem como para o resto do ano, após o encerramento da sessão de Wall Street. Enquanto que os resultados do T4-2022 ficaram abaixo das expectativas do mercado, a empresa ainda divulgou um conjunto de previsões optimistas para o ano fiscal de 2023 (Junho de 2022 - Maio de 2023), resultando hoje num forte movimento de alta do preço das acções da empresa.

A FedEx relatou receitas fiscais do T4 a 24,4 mil milhões de dólares, ligeiramente abaixo dos 24,57 mil milhões de dólares esperados pelos analistas. O lucro operacional atingiu $2,23 mil milhões de dólares (exp. $2,28 mil milhões), traduzindo-se numa margem operacional de 9,2% (exp. 9,4%). O EPS ajustado para o último trimestre do ano fiscal de 2022 foi reportado a $6,87 e estava em linha com as expectativas do mercado.

Comece a investir hoje ou teste gratuitamente uma conta demo

Abrir Conta Real TESTAR A DEMO Download mobile app Download mobile app

As vendas e o rendimento operacional foram ligeiramente inferiores ao esperado, mas uma previsão optimista para o fiscal-2023 permitiu aos investidores olhar para além destas pequenas desilusões com facilidade. A FedEx disse que espera que o EPS ajustado para o total do fiscal-2023 atinja os $22,50-24,50. Esta é uma previsão optimista, uma vez que o mercado esperava que a empresa reportasse o EPS ajustado de $22,36 para o ano fiscal que começou este mês. Os aumentos de preços do pacote juntamente com custos mais baixos, resultantes da diminuição da falta de mão-de-obra, colocaram a empresa num bom caminho para superar o desempenho no ano fiscal de 2023.

As acções da FedEx (FDX.US) estão a subir mais de 8%, na sequência da divulgação dos resultados trimestrais. As acções reagiu em alta junto dos níveis de Fibonacci nos 38,2%, bem como o limite superior da estrutura.  Fonte: xStation5

Este material é uma comunicação de marketing na aceção do artigo 24.º, n.º 3, da Diretiva 2014/65 / UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 15 de maio de 2014, sobre os mercados de instrumentos financeiros e que altera a Diretiva 2002/92 / CE e Diretiva 2011/61/ UE (MiFID II). A comunicação de marketing não é uma recomendação de investimento ou informação que recomenda ou sugere uma estratégia de investimento na aceção do Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho de 16 de abril de 2014 sobre o abuso de mercado (regulamentação do abuso de mercado) e revogação da Diretiva 2003/6 / CE do Parlamento Europeu e do Conselho e das Diretivas da Comissão 2003/124 / CE, 2003/125 / CE e 2004/72 / CE e do Regulamento Delegado da Comissão (UE ) 2016/958 de 9 de março de 2016 que completa o Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito às normas técnicas regulamentares para as disposições técnicas para a apresentação objetiva de recomendações de investimento, ou outras informações, recomendação ou sugestão de uma estratégia de investimento e para a divulgação de interesses particulares ou indicações de conflitos de interesse ou qualquer outro conselho, incluindo na área de consultoria de investimento, nos termos do Código dos Valores Mobiliários, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 486/99, de 13 de Novembro. A comunicação de marketing é elaborada com a máxima diligência, objetividade, apresenta os factos do conhecimento do autor na data da preparação e é desprovida de quaisquer elementos de avaliação. A comunicação de marketing é elaborada sem considerar as necessidades do cliente, a sua situação financeira individual e não apresenta qualquer estratégia de investimento de forma alguma. A comunicação de marketing não constitui uma oferta ou oferta de venda, subscrição, convite de compra, publicidade ou promoção de qualquer instrumento financeiro. A XTB, S.A. - Sucursal em Portugal não se responsabiliza por quaisquer ações ou omissões do cliente, em particular pela aquisição ou alienação de instrumentos financeiros. A XTB não aceitará a responsabilidade por qualquer perda ou dano, incluindo, sem limitação, qualquer perda que possa surgir direta ou indiretamente realizada com base nas informações contidas na presente comunicação comercial. Caso o comunicado de marketing contenha informações sobre quaisquer resultados relativos aos instrumentos financeiros nela indicados, estes não constituem qualquer garantia ou previsão de resultados futuros. O desempenho passado não é necessariamente indicativo de resultados futuros, e qualquer pessoa que atue com base nesta informação fá-lo inteiramente por sua conta e risco.

Partilhar:
Voltar

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 81% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 81% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.