Ações de crescimento: Apple

16:24 6 de abril de 2021

A Apple apresentou um forte desempenho ao longo de 2020 e isso tem sido visível na evolução das suas vendas, nais quais não tem apresentado valores negativos em nenhum dos trimestres ao longo do ano passado. Na verdade, as vendas aumentaram quase 100% nos últimos dois trimestres de  2020.

Com o início do ano de 2021 e os olhos dos investidores voltados para os receios em torno da inflação, o aumento das yields a 10 anos nos EUA e uma recuperação económica a um ritmo mais lento do que o esperado, as ações da Apple começaram a ser negociadas sob pressão, o que, dada a escassez da indústria de semicondutores, forçou a empresa interromperá a produção do iPhone 12 mini. Isso terá consequências negativas para o próximo trimestre no que diz respeito ao valor das vendas.

 

Atualmente temos assistido ao comportamento entre o preço do COBRE, matéria-prima necessária para a produção de semicondutores, e a participação da Apple, tende a ter um comportamento inverso já que o preço das matéria-prima disparará desde então. No início do ano, sabendo que o mercado de COBRE pelo que diz respeito à procura, é a China que controla mais de 50% da quota de mercado e que devido à escassez de semicondutores fez com que o preço disparasse.

Felizmente, o abrandamento na evolução dos preços do COPPER permitiu que a Apple recuperasse parte das perdas registadas.

Em relação às vendas dos últimos 10 trimestres, a Apple mostra um crescimento médio de 5,62% enquanto o lucro por ação é médio para os mesmos períodos que dispara acima dos dois dígitos para 12,57%

Fonte: XTB Research

Em relação ao seu desempenho em bolsa, após atingir o seu último máximo histórico localizad nos $ 152 por ação, iniciou-se a correção motivada pelo aumento do preço do cobre e pela escassez de semicondutores, o que poderia prever uma revisão em baixa no valor das vendas. Se analisarmos o gráfico em baixa conseguimos verificar que os compradores se têm mantido acima da EMA 200 e, desde então, que já surgiram várias tentativas (sem sucesso) para quebrar a EMA50.

Fonte: xStation5

A 28 de abril serão divulgados os resultados do segundo trimestre fiscal do ano de 2021.
 
Dario Garcia
XTB Espanha

Declaração de Risco

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas.

Partilhar:
Voltar

Os CFD são PRIIPs, instrumentos complexos, e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 77% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD. Para mais info, clique aqui. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFD são PRIIPs, instrumentos complexos, e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 77% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD. Para mais info, clique aqui. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFD são PRIIPs, instrumentos complexos, e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 77% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD. Para mais info, clique aqui. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.