Análise às empresas : Pfizer e Moderna

14:13 19 de novembro de 2020
  • Pfizer e Moderna anunciaram os avanços significativos da vacina desenvolvida no combate à Covid-19

  • A receita proveniente da vacina provavelmente aumentará as vendas significativamente

  • Os lucros obtidos com a vacina podem não ser tão grandes

  • Avaliação demasiado alta da Moderna em comparação com a Pfizer

  • Os ganhos obtidos com os anúncios de vacinas já foram anulados

Anúncios sobre os novos desenvolvimentos sobre as vacinas desenvolvidas pela Pfizer (PFE.DE) e Moderna (MRNA.US) desencadearam grandes movimentações nos mercados financeiros no início desta semana e na semana anterior. Ambas as ações dispararam após os anúncios, mas os ganhos acabaram por ser anulados. Nesta breve análise, examinamos ao detalhe as duas empresas de biotecnologia que recentemente começaram a captar a atenção dos investidores.

A vacina

Embora existam várias vacinas candidatas ao combate do coronavírus em desenvolvimento no momento, as vacinas da Pfizer / BioNTech e Moderna acabaram por ser destacar, pois já existem dados sólidos para comprovar sua eficácia. Ambas as vacinas têm uma taxa de eficácia de 95% e produzem fortes respostas imunológicas em diferentes grupos de pacientes. As empresas solicitaram uma aprovação de uso emergencial e estão em negociações com vários países sobre o fornecimento da vacina. No entanto, dadas as circunstâncias atuais, parece provável que as empresas não tenham como principal objetivo maximizar os lucros (em muitos casos, o financiamento para pesquisa e desenvolvimento de vacinas foi fornecido pelos governos) e cobrarão taxas abaixo do mercado (a Pfizer já anunciou isso). Dada a enorme procura pela vacinas a receita das vendas será enorme, mas a margem de lucro pode ser baixa.

Dados financeiros selecionados para Pfizer e Moderna. Fonte: Bloomberg, XTB

Em termos fundamentais

No entanto, vamos olhar para as vacinas anteriores e tentar perceber as perspetivas fundamentaiss de cada empresa. Fornecemos alguns dados financeiros simples na tabela acima. A primeira e maior diferença entre as duas empresas é o tamanho - a Pfizer teve mais de US $ 48 mil milhões em vendas nos últimos 4 trimestres combinados, enquanto a Moderna teve menos de US $ 250 milhões. Em segundo lugar, a Pfizer é uma empresa bem estabelecida que tende a divulgar lucros de forma regular, enquanto a Moderna não teve lucros no últimos trimestre e desde que é cotada em bolsa, já desde 2018. Ao contrário da Pfizer, a Moderna não está a pagar dividendos aos investidores, portanto, pode não ser o melhor escolha para investidores que procurem o pagamento de dividendos. Por outro lado, a Moderna tem uma alavancagem muito menor do que a Pfizer, com uma relação dívida / capital inferior a 8%, em comparação com 96% da Pfizer.

Métricas de avaliação da Pfizer e Moderna. Fonte: Bloomberg, XTB

Avaliação

Quando se trata de avaliações, a Pfizer é uma empresa muito maior do que a Moderna. A Pfizer tem uma capitalização de mercado de pouco mais de US $ 200 mil milhões, enquanto a Moderna está avaliada um pouco acima de US $ 35 mil milhões. Como a Moderna é uma empresa não lucrativa, não podemos calcular os índices P / L ou EV / EBITDA da empresa. No entanto, se observarmos as vendas da empresa, a Moderna é muito mais cara em termos de mercado do que a Pfizer. No entanto, a enorme diferença entre os P / S (Moderna - 138,8, Pfizer - 4.1) deve ser vista como um sinal de alerta ao tentar avaliar o potencial de valorização das ações da Moderna.

O que podemos concluir?

Resumindo, a receita proveniente das vendas de vacinas contra o coronavírus provavelmente será grande, mas, ao mesmo tempo, os lucros podem não ser muito grandes. Em primeiro lugar, as vacinas raramente têm grandes margens de lucro. Em segundo lugar, uma parte significativa do financiamento de P&D foi fornecida por governos. Dito isso, as vacinas de combate ao coronavírus podem não simbolizar um manobra tão lucrativa para o setor da biotecnologia. A Pfizer é uma empresa lucrativa há muito tempo e tem pago dividendos regulares. Enquanto isso, a Moderna ainda não viu um único trimestre lucrativo e a sua avaliação em bolsa está em níveis históricos, com P / S em quase 140.

Pfizer (PFE.US) anulou todos os ganhos desencadeados pelas notícias da vacina contra o coronavírus. As ações retornaram à sua faixa de negociação junto dos $ 35,50-39,00. E após o lançamento das notícias, as movimentações no mercado têm estado a ser negociadas de forma lateralizada. Desta forma, o limite inferior da zona de consolidação junto dos $ 35,50 pode ser algo a considerar no curto-prazo. Fonte: xStation5

Moderna (MRNA.US) também anulou todos os ganhos com as notícias da vacina. As ações ainda se encontram perto do máximo histórico que fora atingido durante a abertura das negociações de segunda-feira, mas desde então estão em queda livre. O suporte a curto-prazo a observar pode ser encontrado no limite inferior da estrutura que coincide com o pico do preço em maio de 2020 ($ 84,70). Fonte: xStation5

Declaração de Risco

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas.

Partilhar:
Voltar

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 80% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 80% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 80% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.