Destaques da manhã, por Henrique Tomé - 02/08/2022

14:11 2 de agosto de 2022
  • Os índices dos EUA quebraram a longa série de 3 dias de ganhos consecutivos e terminaram as negociações de ontem em baixa. O S&P 500 baixou 0,28%, o Dow Jones caiu 0,14% e o Nasdaq terminou 0,18% mais baixo. Russell 2000 caiu 0,10%.
  • O sentimento no mercado voltou a deteriorar-se durante a sessão asiática. O Nikkei caiu 1,5%, os kospi caiu 0,6% e os S&P/ASX 200 manteve-se lateralizado. Os índices chineses registaram perdas na ordem dos 1,5-2,6%.
  • No lado europeus, os índices estão a ser negociados em terreno negativo
  • As tensões entre os EUA e a China estão a aumentar após ter sido confirmado que a Presidente dos EUA Pelosi chegará a Taiwan esta tarde
  • A China disse que irá realizar exercícios militares no Mar do Sul da China. Algumas notícias avançadas pelos meios de comunicação social também vieram à tona dizendo que 2 em cada 3 porta-aviões chineses estão a dirigir-se para o Estreito de Taiwan.
  • Taiwan disse que vai reforçar a sua prontidão de combate até quinta-feira
  • A China proibiu as importações de mais de 100 fábricas de alimentos de Taiwan, sugerindo que a China pode limitar-se ao seu anterior livro de jogos e punir os aliados dos EUA por acções dos EUA
  • O Banco de Reserva da Austrália avançou com uma subida de 50 pontos base, em linha com as expectativas do mercado. O RBA repetiu que espera que a inflação atinja o seu pico este ano e volte a situar-se entre os 2-3% em 2023. O AUD caiu quando a declaração do RBA deu a entender que não existe um "caminho pré-definido" em relação às taxas de juro
  • O Presidente dos EUA Biden disse que Ayman Al-Zawahiri, líder da Al-Qaeda, foi morto num ataque com um drone em Cabul, no Afeganistão, durante o fim-de-semana. Al-Zawahiri foi considerado um dos principais planeadores dos ataques de 11 de Setembro
  • A Fox News noticiou que a Arábia Saudita vai insistir no aumento da produção petrolífera na reunião da OPEP esta semana
  • Aprovações de edifícios australianos caíram 0,7% MoM em Junho (exp. -5,2% MoM)
  • As criptos estão a recuar. A bitcoin desvaloriza 0,5%, enquanto que o Ethereum cai 2,4%.
  • As quedas também são visíveis nos produtos energéticos. Brent e WTI desvalorizam 1,0-1,2%
  • Os metais preciosos seguem mistos- platina regista ganhos, ouro segue lateral enquanto que o paládio e a prata caem
  • O JPY e o EUR são as principais moedas com melhor desempenho, enquanto o AUD e o NZD são as moedas que mais recuam

O AUDUSD está a recuar, depois das declarações do RBA e do aumento das tensões China-EUA. Os compradores não conseguiram ultrapassar acima da resistência marcada pela retração de Fibonacci nos 38,2%. Fonte: xStation5

Este material é uma comunicação de marketing na aceção do artigo 24.º, n.º 3, da Diretiva 2014/65 / UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 15 de maio de 2014, sobre os mercados de instrumentos financeiros e que altera a Diretiva 2002/92 / CE e Diretiva 2011/61/ UE (MiFID II). A comunicação de marketing não é uma recomendação de investimento ou informação que recomenda ou sugere uma estratégia de investimento na aceção do Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho de 16 de abril de 2014 sobre o abuso de mercado (regulamentação do abuso de mercado) e revogação da Diretiva 2003/6 / CE do Parlamento Europeu e do Conselho e das Diretivas da Comissão 2003/124 / CE, 2003/125 / CE e 2004/72 / CE e do Regulamento Delegado da Comissão (UE ) 2016/958 de 9 de março de 2016 que completa o Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito às normas técnicas regulamentares para as disposições técnicas para a apresentação objetiva de recomendações de investimento, ou outras informações, recomendação ou sugestão de uma estratégia de investimento e para a divulgação de interesses particulares ou indicações de conflitos de interesse ou qualquer outro conselho, incluindo na área de consultoria de investimento, nos termos do Código dos Valores Mobiliários, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 486/99, de 13 de Novembro. A comunicação de marketing é elaborada com a máxima diligência, objetividade, apresenta os factos do conhecimento do autor na data da preparação e é desprovida de quaisquer elementos de avaliação. A comunicação de marketing é elaborada sem considerar as necessidades do cliente, a sua situação financeira individual e não apresenta qualquer estratégia de investimento de forma alguma. A comunicação de marketing não constitui uma oferta ou oferta de venda, subscrição, convite de compra, publicidade ou promoção de qualquer instrumento financeiro. A XTB, S.A. - Sucursal em Portugal não se responsabiliza por quaisquer ações ou omissões do cliente, em particular pela aquisição ou alienação de instrumentos financeiros. A XTB não aceitará a responsabilidade por qualquer perda ou dano, incluindo, sem limitação, qualquer perda que possa surgir direta ou indiretamente realizada com base nas informações contidas na presente comunicação comercial. Caso o comunicado de marketing contenha informações sobre quaisquer resultados relativos aos instrumentos financeiros nela indicados, estes não constituem qualquer garantia ou previsão de resultados futuros. O desempenho passado não é necessariamente indicativo de resultados futuros, e qualquer pessoa que atue com base nesta informação fá-lo inteiramente por sua conta e risco.

Partilhar:
Voltar

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 82% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 82% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.