Ganhos australianos após o relatório de emprego, BdC inesperadamente reduz taxas.

07:12 18 de julho de 2019

Sumário:

  • Dólar australiano é negociado em alta na sequência do relatório de emprego para junho

  • Banco da Coreia reduz taxas de juro em 25pb, apenas 25pb acima dos mínimos históricos

  • Exportações/importações japonesas caem em junho no meio de tensões comerciais

Estabilização australiana

A economia australiana criou 500 novos postos de trabalho no mês passado, abaixo do consenso que apontava para os 9 mil. No entanto, o que poderia ser encorajador é o facto de que esse aumento veio inteiramente do emprego a tempo inteiro que aumentou 21.1 mil em junho, enquanto o emprego a tempo parcial diminuiu 20.6 mil. Além disso, a taxa de emprego para maio foi revista de 42.3 mil para 45.3 mil. Ao mesmo tempo, a taxa de desemprego manteve-se nos 5.2%, correspondendo à mediana estimada, enquanto a taxa de participação da força de trabalho ficou nos 66%.


 

O mercado de trabalho australiano continua a crescer, mas o ritmo desta recuperação tem vindo a desacelerar até certo ponto ultimamente. Fonte: Macrobond, XTB.

Como o gráfico acima demonstra, a tendência geral do emprego a tempo inteiro e parcial permaneceu intacta após o mês de junho. Contudo, pode-se notar que o ritmo de criação de empregos por empregadores a tempo inteiro abrandou durante os últimos três meses. O dólar australiano respondeu de forma bastante positiva ao lançamento e está a ser negociado 0.3% acima em relação ao dólar americano esta manhã. De qualquer forma, a probabilidade baseada no mercado sugere que as taxas na Austrália poderiam ser cortadas em 25pb no final do ano (67% de probabilidade). De um ponto de vista técnico, a taxa de câmbio AUD/USD continua a flutuar em torno da zona de oferta crucial, daí que as próximas horas podem ser críticas. 

O AUD/USD continua a negociar em torno da barreira superior do canal de tendência baixa. Fonte: xStation5

Coreia corta taxas, contratos comerciais japoneses

Não existem dúvidas de que a decisão sobre a taxa de juro do Banco da Coreia foi uma das notícias mais importantes que recebemos durante a noite visto que reduziu inesperadamente as taxas em 25pb, empurrando a taxa principal para 1.5%, apenas 0.25pb acima do mínimo histórico. O banco central apresentou uma perspetiva mais pessimista ao cortar as previsões do PIB e da inflação para este ano. Agora, espera-se que a economia coreana se expanda 2.2% (2.5% previsto em abril) e que o crescimento dos preços suba 0.7% (1.1%). No comunicado, o banco escreveu que "a necessidade de apoiar a recuperação económica tornou-se maior", acrescentando que as restrições às exportações japonesas contra a Coreia do Sul tornaram-se uma realidade, daí que o impacto sobre as exportações coreanas pode ser material. Foi o primeiro corte de taxa na Coreia do Sul desde 2016 e reflete a maré de flexibilidade monetária na Ásia. Tenha em menta que a economia coreana depende muito das exportações, daí que qualquer interrupção séria nas cadeias de fornecimento globais pode afetá-la significativamente.

Enquanto isso, os dados do comércio estrangeiro do Japão não sugerem nenhuma reversão nessa tendência pessimista no comércio. O relatório divulgado durante a noite mostrou que as exportações japonesas reduziram 6.7% em relação ao ano anterior e as importações caíram 5.2% no mesmo período. O Ministro das Finanças do Japão informou que a queda das exportações de componentes de semicondutores e de peças auto estavam entre as maiores dificuldades.

 

Em outras notícias:

  • Temporada de ganhos nos EUA: Netflix Resultados por Ação (RPA) $0.6 (contra $0.56), IBM RPA $2.81 (contra $3.07), eBay RPA $0.68 (contra $0.62)

  • Índices norte-americanos terminaram ligeiramente abaixo na quarta-feira, índices asiáticos devem fechar também mais baixo.

Declaração de Risco

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas, as quais poderão superar os montantes inicialmente depositados.

Partilhar:
Voltar

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 77% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 77% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 77% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

×