6 coisas a saber sobre o mercado de petróleo

Tópicos relacionados:
Tempo estimado de leitura: 9 minuto(s)
O "ouro negro", como é comumente apelidado, é uma das matérias-primas que mais suscita interesse junto dos investidores. Descubra o que tem mesmo de saber sobre o petróleo neste artigo.

Porque é que o petróleo é considerado a matéria-prima número 1?

O petróleo bruto é reconhecidamente a matéria-prima número 1 do mundo, principalmente pelo fato de ser usado para produzir combustíveis usados ​​em vários meios de transporte: aquáticos, terrestres e aéreos. Também é utilizado para a produção de lubrificantes, parafina, asfalto, entre outros, sendo utilizado para a manutenção de máquinas, construção de estradas, como fonte de energia térmica e produção de eletricidade. Além disso, o crude é usado para produzir muitos materiais sintéticos.

No entanto, o uso mais importante do petróleo é na energia. Atualmente, representa aproximadamente 1/3 da fonte global de energia! Não surpreende que seja a matéria-prima mais comercializada no mundo, o que lhe proporciona grande liquidez no mercado.

(Fornecimento mundial total de energia primária por combustível)

Fonte: IEA World Energy Balance Review 2019

O que afeta os preços do petróleo?

Os preços do petróleo reagem a mudanças relacionadas a fatores fundamentais na oferta e procura. A diferença entre oferta e procura leva a um aumento ou redução dos níveis de petróleo armazenados, funcionando aqui o antigo princípio do mercado, que diz que, para uma grande oferta do produto no mercado, o preço é baixo. No entanto, se houver escassez, o preço poderá aumentar consideravelmente.

O mercado de petróleo é altamente equilibrado e o excedente ou a escassez são geralmente uma pequena parte (até 1-2%) da oferta. Além disso, a procura é inelástica com o preço. Por outras palavras, geralmente reabastecemos o carro, independentemente do preço da bomba. Portanto, mudanças na oferta geralmente levam a flutuações de preços de curto prazo, uma vez que, desde a exploração e perfuração do primeiro poço até à produção constante, demora muito tempo, e a produção nem sempre se adapta rapidamente às necessidades do mercado. No entanto, se, por algum motivo, parte da produção parar (por exemplo, devido a greves de funcionários ou distúrbios políticos), o preço poderá reagir fortemente. Por isso mesmo, é importante ter em consideração que grande parte da produção de petróleo tem origem em regiões geopoliticamente instáveis. 

A quais relatórios deve dar atenção?

Quando se trata do mercado de petróleo, há vários relatórios importantes a serem observados. Estes são publicados com uma periodicidade diferentes. Os publicados com mais frequência têm o maior impacto nas mudanças de preços atuais.

  • Variação de inventário: O Departamento de Energia dos Estados Unidos (DoE) publica semanalmente o relatório sobre inventários de petróleo (normalmente às quartas-feiras, às 16:30 BST).

    No qual apresenta:

    - mudança nas reservas de petróleo dos EUA

    - mudanças nas reservas em Cushing, o local de recessão e faturação do petróleo bruto WTI

    - mudança nas reservas de outros produtos petrolíferos, estimativa de produção nos EUA, procura implícita por petróleo e outros produtos.

    É importante notar que este é um relatório semanal, daí ter um grande impacto no mercado de petróleo. Uma vez que os inventários de petróleo dos EUA representam a grande maioria das reservas de petróleo da OCDE, o impacto do relatório do DoE é muito significativo para a formação de preços no curto prazo. O relatório de inventários do American Petroleum Institute (API) é lançado no dia anterior à sua publicação (terça-feira às 22:30). Neste caso, os produtores e outros participantes do mercado reportam livremente os níveis em stock. Este relatório pode dar uma indicação do que esperar do relatório do DoE. Os dados de ambos os relatórios estão disponíveis no calendário económico da plataforma xStation!

  • Relatórios de saldo: são principalmente relatórios da OPEP, IEA, EIA e também de participantes do mercado privado. Um exemplo é o relatório da Bloomberg, no qual publica estimativas de produção dos maiores produtores no final de cada mês. Estes relatórios são emitidos mensalmente, trimestralmente ou anualmente e mostram como a oferta e a procura evoluem. Também apresentam previsões para períodos futuros.

  • Variação no número de plataformas de petróleo ativas: Este relatório é fundamental principalmente para os Estados Unidos. Hoje, a grande maioria da nova produção nos EUA vem do xisto e manter a produção nos EUA requer uma mudança constante de plataformas de petróleo. Um grande número de plataformas de petróleo ativas significa que estão a ser feitos grandes investimentos no mercado de petróleo e servem de indicador de produção. O número de plataformas de petróleo ativas depende em grande parte dos preços de mercado. Geralmente este relatório é publicado às sextas-feiras à tarde. Esses dados estão disponíveis no calendário económico da plataforma xStation!

  • Relatório COT / CFTF: Os investidores e participantes do mercado em contratos de futuros fornecem informações sobre o tamanho das suas posições no mercado de petróleo. O relatório CFTC para a maioria dos mercados nos EUA é publicado todas as sextas-feiras às 21:30 (BST). O relatório da ICE é divulgado às segundas-feiras.

    Graças às informações sobre o número de posições curtas e longas e o seu spread, pode determinar o sentimento do mercado. Sentimento otimista podem levar à correção de preços. IMPORTANTE! Existe um indicador de dados COT disponível na plataforma xStation, para não ter de pesquisar os dados por si mesmo!

Porque é que os investidores escolhem o petróleo?

O petróleo é a matéria-prima mais importante e é frequentemente tratado como um barómetro económico. Além disso, a importância desse mercado dá-lhe muita liquidez; as transações podem ser concluídas de segunda a sexta-feira quase 24 horas por dia, o que também é importante no contexto dos custos de transação. Os preços do petróleo, como os índices de ações, podem refletir a situação económica. No entanto, no caso do petróleo, a procura e a oferta atuais são mais importantes. Isso também significa que alguns investidores escolhem o petróleo como um mercado que reflete melhor a situação atual do que as ações.

Quais são as diferenças básicas entre o petróleo Brent e WTI?

Existem dois mercados de referência para o petróleo: Brent e WTI. No entanto, existem mais tipos de petróleo, dependendo das suas propriedades ou do local de extração. O preço também depende das suas propriedades, localização ou transporte.

Os mercados do petróleo mais importantes. Fonte: Intercontinental Exchange (ICE)

Petróleo Brent (OIL): Vem de 15 campos de petróleo localizados no Mar do Norte. O baixo teor de enxofre, abaixo de 0,37%, indica que é um óleo doce e a sua baixa densidade permite que seja descrito como leve, ideal para a produção de gasóleo e gasolina. Estima-se que quase 70% das transações globais de petróleo sejam com o petróleo Brent. Os contratos de futuros do petróleo brent estão listados na London Intercontinental Exchange (ICE).

West Texas Oil (OIL.WTI) - O West Texas Intermediate é extraído nos Estados Unidos, Texas. Devido ao teor de enxofre, que é inferior a 0,24%, e baixa densidade é também tido como um petróleo doce e leve. O petróleo bruto WTI é o instrumento financeiro subjacente aos contratos de futuros na Bolsa Mercantil de Nova York (NYMEX). É caracterizado pela sua alta qualidade, uma das mais altas do mundo.

A diferença de valor entre o petróleo bruto Brent e o petróleo WTI, ou seja, o spread, favorece o WTI, que possui melhores parâmetros de densidade e teor de enxofre.

Como pode investir em petróleo na XTB?

A maneira mais fácil de obter exposição ao mercado de petróleo é negociar CFDs de OIL ou OIL.WTI. Os contratos CDFs são instrumentos extremamente úteis, com muitos recursos interessantes que afetam a exclusividade deste produto, uma vez que:

  • são derivados cujo preço é baseado no preço do instrumento subjacente
  • permitem alavancagem
  • permitem investir tanto na subida como na descida de preços

A capacidade de assumir posições longas (ordem de compra) ou posições curtas (ordem de venda) em combinação com o uso do mecanismo de alavancagem financeira, torna estes tipos de contratos um dos tipos de negociação mais líquidos e populares nos mercados. financeiro.

A XTB oferece investimentos em CFDs para petróleo bruto Brent (OIL) e CFDs para petróleo bruto WTI (OIL.WTI), ou seja, instrumentos cujo preço é baseado no preço atual do petróleo Brent e WTI, listados no mercado organizado.

Comece hoje mesmo a investir ou experimente uma conta demo

Abra uma conta real Experimente uma demo

A plataforma xStation, que é uma ferramenta abrangente de negociação, também oferece a oportunidade de garantir transações rápidas e fáceis, o que é especialmente útil ao investir em instrumentos alavancados. Na xStation, graças à calculadora integrada na janela de ordens, pode-se configurar o pedido de Stop Loss e Take Profit de acordo com a sua própria estratégia de investimento.

Para começar a investir no mercado petrolífero, basta abrir uma conta de investimento. 

O processo de abertura de uma conta no XTB é totalmente online e leva apenas alguns minutos. Para experimentar a plataforma xStation e testar as suas estratégias de investimento, pode abrir uma conta demo gratuita com dinheiro virtual. O acesso à plataforma é possível através do browser e da aplicação mobile, na qual pode controlar de forma rápida e fácil os seus trades a partir de qualquer lugar do mundo e através de dispositivos compatíveis com os sistemas Android e iOS. 

O que deve também ser tido em consideração? 

Na XTB, os CFDs são baseados em contratos de futuros negociados nas bolsas, que expiram todos os meses. A XTB oferece CFDs com uma data de vencimento de 365 dias (não se aplica a CFDs e ETFs baseados em ações) para que nossos clientes não precisem fechar as posições na maturidade de cada dos contratos de futuros e abrir uma nova posição. Desta forma, os clientes podem manter a posição de CFDs baseados no preço do petróleo ininterruptamente por 365 dias, sem precisar abrir novas posições todos os meses, como é o caso do mercado subjacente. Normalmente, a transição para o próximo contrato ocorre alguns dias antes da data de expiração do contrato de futuros subjacente. A XTB informa o cliente sobre as datas de rollover no separador Trader News da sua plataforma. 

O petróleo será um recurso energético estratégico por muito tempo. A relação entre a procura e a oferta pode ter um grande impacto no preço. No caso do mercado petrolífero é extremamente importante acompanhar a publicação de relatórios importantes que podem aumentar a volatilidade do  preço do mercado. Os CFDs sobre o petróleo, disponíveis na XTB, oferecem oportunidades adicionais para identificar novas oportunidades de investimento, tanto quando o preço do activo sobe ou desce. A situação real da economia reflecte-se no mercado petrolífero e essa correlação deverá manter-se ao longo do tempo.

Este material é uma comunicação de marketing na aceção do artigo 24.º, n.º 3, da Diretiva 2014/65 / UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 15 de maio de 2014, sobre os mercados de instrumentos financeiros e que altera a Diretiva 2002/92 / CE e Diretiva 2011/61/ UE (MiFID II). A comunicação de marketing não é uma recomendação de investimento ou informação que recomenda ou sugere uma estratégia de investimento na aceção do Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho de 16 de abril de 2014 sobre o abuso de mercado (regulamentação do abuso de mercado) e revogação da Diretiva 2003/6 / CE do Parlamento Europeu e do Conselho e das Diretivas da Comissão 2003/124 / CE, 2003/125 / CE e 2004/72 / CE e do Regulamento Delegado da Comissão (UE ) 2016/958 de 9 de março de 2016 que completa o Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito às normas técnicas regulamentares para as disposições técnicas para a apresentação objetiva de recomendações de investimento, ou outras informações, recomendação ou sugestão de uma estratégia de investimento e para a divulgação de interesses particulares ou indicações de conflitos de interesse ou qualquer outro conselho, incluindo na área de consultoria de investimento, nos termos do Código dos Valores Mobiliários, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 486/99, de 13 de Novembro. A comunicação de marketing é elaborada com a máxima diligência, objetividade, apresenta os factos do conhecimento do autor na data da preparação e é desprovida de quaisquer elementos de avaliação. A comunicação de marketing é elaborada sem considerar as necessidades do cliente, a sua situação financeira individual e não apresenta qualquer estratégia de investimento de forma alguma. A comunicação de marketing não constitui uma oferta ou oferta de venda, subscrição, convite de compra, publicidade ou promoção de qualquer instrumento financeiro. A XTB, S.A. - Sucursal em Portugal não se responsabiliza por quaisquer ações ou omissões do cliente, em particular pela aquisição ou alienação de instrumentos financeiros. A XTB não aceitará a responsabilidade por qualquer perda ou dano, incluindo, sem limitação, qualquer perda que possa surgir direta ou indiretamente realizada com base nas informações contidas na presente comunicação comercial. Caso o comunicado de marketing contenha informações sobre quaisquer resultados relativos aos instrumentos financeiros nela indicados, estes não constituem qualquer garantia ou previsão de resultados futuros. O desempenho passado não é necessariamente indicativo de resultados futuros, e qualquer pessoa que atue com base nesta informação fá-lo inteiramente por sua conta e risco.

Xtb logo

Junte-se a mais de 935.000 investidores de todo o mundo

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 76% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 76% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.