Abertura do Mercado, por André Pires

10:01 5 de dezembro de 2019

O otimismo voltou aos mercados, encorajado pelos recentes comentários na frente comercial, segundo os quais um acordo de Fase 1 poderia ser celebrado a tempo de evitar a entrada em vigor das taxas aduaneiras previstas para este mês.

O S&P500 subiu 0,63%, o Nasdaq e Dow Jones fecharam a somar 0,54% e 0,53%, respectivamente. Este sentimento prolongou-se na sessão asiática. Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão, anunciou um pacote de apoio à economia no valor de 26 trilhões de Yens (US $ 239 bilhões), o que contribuiu para a subida do índice japonês. As bolsas europeias abriram timidamente no verde, depois das subidas de ontem. 

O Eurostat publica hoje (10:00) dados sobre a evolução do PIB e sobre a evolução do emprego (no terceiro trimestre) da Zona Euro. Estes dados poderão dar alguma indicação da resiliência da Europa à guerra comercial sino-americana. Nos EUA teremos os números da balança comercial (13:30), das encomendas de bens duradouros relativas a outubro (15:00) e dos pedidos de subsídio de desemprego semanais (13:30).

O preço do petróleo bruto estabilizou hoje, com ligeira correção das fortes subidas de ontem. Essas subidas deveram-se à queda de ontem nos stocks de petróleo nos EUA e em resposta à posição do Iraque, que defende cortes na oferta. O preço poderá sofrer alguma volatilidade entre hoje e amanhã, uma vez que grandes produtores de petróleo estarão reunidos em Viena. Na reunião de hoje, os membros da OPEP definirão a política de produção futura. Na reunião de amanhã, também participarão produtores não membros da OPEP (como a Rússia).

 

Em Portugal

A JB Capital Markets atualizou a sua lista de ações preferidas na Península Ibérica, mantendo a NOS como a única portuguesa entre as "iberian top picks".

A subida no preço do petróleo bruto impulsionou as ações da Galp e EDP, que abriram a sessão europeia no verde, e trouxeram o PSI-20 para terreno positivo

Declaração de Risco

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas.

Partilhar:
Voltar

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

×