Ações da Tilray e Aurora Cannabis desvalorizam 10% ⚡

16:32 6 de dezembro de 2022

As políticas restritivas da Reserva Federal exerceram uma enorme pressão sobre as empresas cotadas em bolsa, que não conseguiram gerar um fluxo de caixa positivo e dependeram fortemente das condições de mercado, do acesso ao crédito barato e das actividades dos fundos de investimento de risco. As acções das empresas de cannabis Aurora Cannabis (ACB.US) e Tilray (TLRY.US) perderam hoje terreno devido às preocupações sobre um ciclo prolongado de aperto monetário da Reserva Federal:Chart showing the shift to debt financing in the cannabis industry

O aumento dos custos de financiamento também se traduziu na deterioração das condições de financiamento das empresas de canábis como a Aurora Cannabis (ACB.US) e Tilray (TLRY.US). Ambas as empresas estão hoje a perder perto de 10%. Podemos ver que a dívida de 2022 se revelou superior ao financiamento da indústria pela primeira vez em muitos anos, ilustrando um sentimento de risco negativo e a retirada de fundos de capital de risco de empreendimentos de risco. É de notar que o período de aversão ao risco vem depois de um ano anterior recorde a este respeito, durante o qual o financiamento da indústria de cannabis, em 41 semanas da primeira semana, ascendeu a quase 4,7 mil milhões de dólares, quase 450% mais do que no ano corrente. Fonte: Capital da Virgínia 

Comece a investir hoje ou teste gratuitamente uma conta demo

Abrir Conta Real TESTAR A DEMO Download mobile app Download mobile app


Para além destas empresas, outras também têm sido afetadas negativamente, tais como:

As ações da Snap (SNAP.US) caíram acentuadamente depois de a empresa não ter conseguido cumprir as previsões dos analistas quanto a receitas crescentes, que tinham os mercados optimistas quanto às margens futuras projectadas em 2021. Isto não passou despercebido pelas avaliações, que subiram consistentemente nos últimos dois anos, quando as taxas de juro estavam perto de zero. Os negócios da empresa declinaram face aos anunciantes que se retiraram do sector da publicidade. A redução dos orçamentos de marketing e vendas de milhares de empresas, em antecipação de um abrandamento económico, levou o crescimento das receitas da empresa no terceiro trimestre para 5,7% contra o terceiro trimestre de 2021. No ano anterior, registou um crescimento de receitas de dois dígitos em cada trimestre e superou as expectativas de Wall Street.

As acções da Virgin Galactic (SPCE.US) têm estado também sob pressão à medida que a empresa, que é suposta oferecer serviços de turismo espacial, continua a "queimar" o dinheiro que lhe é disponibilizado a um ritmo recorde com lucros mínimos. Num mercado em alta, os investidores demonstram muito menos paciência e tolerância ao risco pelo qual as acções da empresa caíram mais de 90% a contar do seu pico de Julho de 2021, quando Richard Branson ultrapassou Jeff Bezos na corrida espacial comercial. Inicialmente, o próximo voo de teste da Virgin Galactic deveria ter lugar no início deste ano, mas a empresa mudou agora a data para o primeiro trimestre do próximo ano. Em 2022, assinou várias parcerias comerciais importantes com a Textron, entre outras, para fornecer peças para a próxima geração de naves espaciais. Anunciou também a construção da sua própria fábrica de construção em Phoenix. No entanto, os investidores num ambiente de taxas de juro crescentes acabam por querer ver margens e clientes a voar para o espaço - não anúncios e informações. As preocupações sobre a retenção de financiamento para a empresa aumentaram num ambiente de política monetária cada vez mais restritiva.

As ações da Carvana (CVNA.US), até há pouco tempo a plataforma de venda de carros usados de mais rápido crescimento nos EUA, desceu quase 97% este ano. Confrontados com níveis de dívida massivos e taxas de juro cada vez mais elevadas, os investidores receiam a falência. As vendas de carros usados nos EUA caíram cerca de 13% no terceiro trimestre de 2022, o que representa uma redução dos lucros da empresa. De acordo com a FactSet, a empresa tem uma dívida de 7 mil milhões de dólares e nenhum dinheiro significativo no seu balanço. Também ainda não tem um fluxo de caixa positivo. A dívida líquida relativa a dinheiro nos balanços das empresas não bancárias do índice S&P500 é, em média, o dobro da da Carvana. Em Agosto, quando as taxas de juro subiram e a procura de carros usados enfraqueceu, a Carvana estabeleceu um objectivo de gerar dinheiro livre positivo através da redução de custos, para que a empresa pudesse financiar-se a si própria sem necessidade de dívida ou capital próprio adicional, no entanto, ficou aquém dos seus objectivos, usando 200 milhões de dólares a mais do que o esperado. Wall Street não espera um fluxo de caixa livre positivo na empresa até 2026. Os preços mais elevados dos combustíveis e as elevadas taxas de juro fizeram com que o mercado de carros usados nos EUA enfraquecesse, o ambiente de financiamento volátil exerceu uma forte pressão sobre a Carvana.Gráfico com as ações da Carvana, Virgin Galactic (roxo) e Snap (amarelo), gráfico semanal. No gráfico, conseguimos ver a forte pressão de vende que têm pressionado o desempenho destas três empresas, nas quais têm estado expostas às medidas dos bancos centrais. Fonte: xStation5

Este material é uma comunicação de marketing na aceção do artigo 24.º, n.º 3, da Diretiva 2014/65 / UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 15 de maio de 2014, sobre os mercados de instrumentos financeiros e que altera a Diretiva 2002/92 / CE e Diretiva 2011/61/ UE (MiFID II). A comunicação de marketing não é uma recomendação de investimento ou informação que recomenda ou sugere uma estratégia de investimento na aceção do Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho de 16 de abril de 2014 sobre o abuso de mercado (regulamentação do abuso de mercado) e revogação da Diretiva 2003/6 / CE do Parlamento Europeu e do Conselho e das Diretivas da Comissão 2003/124 / CE, 2003/125 / CE e 2004/72 / CE e do Regulamento Delegado da Comissão (UE ) 2016/958 de 9 de março de 2016 que completa o Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito às normas técnicas regulamentares para as disposições técnicas para a apresentação objetiva de recomendações de investimento, ou outras informações, recomendação ou sugestão de uma estratégia de investimento e para a divulgação de interesses particulares ou indicações de conflitos de interesse ou qualquer outro conselho, incluindo na área de consultoria de investimento, nos termos do Código dos Valores Mobiliários, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 486/99, de 13 de Novembro. A comunicação de marketing é elaborada com a máxima diligência, objetividade, apresenta os factos do conhecimento do autor na data da preparação e é desprovida de quaisquer elementos de avaliação. A comunicação de marketing é elaborada sem considerar as necessidades do cliente, a sua situação financeira individual e não apresenta qualquer estratégia de investimento de forma alguma. A comunicação de marketing não constitui uma oferta ou oferta de venda, subscrição, convite de compra, publicidade ou promoção de qualquer instrumento financeiro. A XTB, S.A. - Sucursal em Portugal não se responsabiliza por quaisquer ações ou omissões do cliente, em particular pela aquisição ou alienação de instrumentos financeiros. A XTB não aceitará a responsabilidade por qualquer perda ou dano, incluindo, sem limitação, qualquer perda que possa surgir direta ou indiretamente realizada com base nas informações contidas na presente comunicação comercial. Caso o comunicado de marketing contenha informações sobre quaisquer resultados relativos aos instrumentos financeiros nela indicados, estes não constituem qualquer garantia ou previsão de resultados futuros. O desempenho passado não é necessariamente indicativo de resultados futuros, e qualquer pessoa que atue com base nesta informação fá-lo inteiramente por sua conta e risco.

Partilhar:
Voltar

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 82% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.
Gostaríamos de informá-lo(a) que de acordo com os Termos e Condições da oferta especial "Uma ação grátis para um bom começo", de 09/01/2023, foi atingido o limite estabelecido da oferta de 10.000 ações, pelo que esta promoção terminou.

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 82% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.
Gostaríamos de informá-lo(a) que de acordo com os Termos e Condições da oferta especial "Uma ação grátis para um bom começo", de 09/01/2023, foi atingido o limite estabelecido da oferta de 10.000 ações, pelo que esta promoção terminou.