Matérias-primas em destaque - WTI, Cobre, Cacau, Trigo

15:11 2 de março de 2021

WTI

  • O petróleo reagiu em baixa antes da reunião da OPEC + sobre o futuro de novos cortes na produção

  • Arábia Saudita quer retomar gradualmente a produção enquanto a Rússia quer retomar a produção a curto prazo

  • Os cortes estabelecidos pela OPEC + em Março deverão rondar os 7,05 mbpd (7,125 mbpd em Fevereiro). As decisões sobre as perspectivas futuras serão fundamentais

  • As exportações iranianas devem continuar a ser pressionadas pelos Estados Unidos. Exportações caem após terem atingido máximos dos últimos 21 meses em Fevereiro

  • As importações venezuelanas caíram abaixo de 0,5 mbpd, quase duas vezes menos do que há um ano

  • O Goldman Sachs espera que o Brent venha a oscilar entre os US $ 55 e o WTI uma média de US $ 52 em 2021. No entanto, a previsão para o segundo trimestre ronda os US $ 70.

  • O déficit atual no mercado resultante da baixa produção estabelecida pela OPEC pode chegar a 2 mbpd

Houve 3 ondas de alta durante o boom 2016-2018 no mercado de petróleo. Cada um provocou um aumento de $ 25, em média, e foi seguido por uma queda de $ 10-12. A situação prolongou-se até que surgiu uma grande queda de preços em 2018. O primeiro impulso de alta a partir de 2020 foi muito semelhante a esse padrão. Os padrões sazonais atuais sugerem uma possível correção até aos US $ 55. O limite superior do canal ascendente deverá servir como uma resistência. A meta para o segundo trimestre permanece a zona de preço acima de $ 70 e a linha de tendência de queda de longo prazo. Fonte: xStation5

Cobre

  • Os preços do cobre caíram cerca de 6% desde Fevereiro, cerca de US $ 9,5 mil por tonelada

  • Padrões sazonais sugerem um possível movimento de queda até meados de Abril

  • A força do USD pode ser apontada como uma razão por trás da recente fraqueza do cobre

  • A proporção de cobre face ao ouro saltou acima de 5. A proporção ficou ligeiramente acima de 6,5 durante um período no pico atingido em 2009. A subida contínua pode sugerir uma continuação do aumento dos rendimentos dos EUA. Por outro lado, uma queda abrupta nos rendimentos dos EUA pode colocar em risco o preço do cobre

  • A atual correção do cobre pode ser justificada não apenas com a força do USD, mas também com o aumento dos inventários nas bolsas globais, especialmente em Xangai

Comparando a situação atual com 2009, podemos esperar novos aumentos na relação entre cobre / ouro Fonte: BloombergOs inventários de cobre nas bolsas globais continuam a recuperar, o que pode exercer pressão sobre os preços do cobre. Fonte: BloombergComparando a situação atual com 2009, podemos ver que uma correção pode estar iminente podendo pressionar os preços até aos $ 7.500 por tonelada. Os padrões sazonais de longo prazo apóiam esta possibilidade. Por outro lado, a média móvel de 50 e o limite inferior do canal ascendente poderão atuar como importantes níveis de suporte a curto prazo. Fonte: xStation5

A falta de expansão do crédito na China pode representar uma ameaça para os preços do cobre a curto ou médio prazo. Por outro lado, a recuperação da procura de crédito na China deverá impactar positivamente o cobre. Fonte: Bloomberg, XTB

Cacau

  • Os preços do cacau aumentaram significativamente na semana passada. 

  • Curiosamente, os contratos que vence em Março estão a ser negociados $ 100 mais altos, podendo justificar uma forte procura a curto prazo por cacau. A curva dos futuros mostra atraso de cerca de US $ 20 no horizonte de 1 ano e meio

  • O posicionamento especulativo líquido no cacau está praticamente neutro

  • Março foi um mês mau para os preços do cacau nos últimos 10 anos. No entanto, as grandes quedas em relação a Março do ano passado (pandemia de coronavírus) acabam por prejudicar a média dos últimos anos

Março foi um mês mau para os preços do cacau. No entanto, Abril costuma ser um mês positivo para o cacau. Fonte: BloombergDesde que os compradores conseguiram retomar o controlo do preço junto do limite inferior do canal, o cacau tem vindo a seguir um novo impulso de alta. A zona marcada pelos $ 2.700será o primeiro alvo, enquanto  que os $ 2.900 poderão ser a segunda. Caso exista uma correção nos preços, o limite inferior do canal ascendente volta a ser um ponto a observar. Fonte: xStation5

Trigo

  • O trigo tem vindo a registar períodos de menos volatilidade em comparação com o milho ou soja

  • Em termos fundamentais o trigo poderá vir a ficar mais pressionado em baixa

  • O posicionamento especulativo não mostra pressão nem dos compradores, nem dos vendedores

  • No entanto, caso os custos continuam a subir (óleo, colheitas alternativas), os preços do trigo também poedm continuar a subir

Os inventários globais continuam a diminuir, enquanto que a produção e o consumo se aproximam de um ponto de equilíbrio. Os inventários para uso permanecem em um nível muito alto em comparação com a história. Fonte: Bloomberg, XTBNão existe pressão em termos de posicionamento especulativo. Nem por parte dos compradores, nem dos vendedores. Fonte: BloombergOs preços do trigo tiveram um desempenho em 2016-2021 semelhante ao de 2002-2006 - tendência de alta e poucos períodos de volatilidade. Assumindo uma situação semelhante. No entanto, caso os inventários globais caiam, o preço pode ser impulsionado até perto dos 1.000. Fonte: xStation5

Declaração de Risco

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas. Esteja ciente de que dados de desempenho anteriores não são um indicador fiável de desempenho futuro.

Partilhar:
Voltar

Os CFD são PRIIPs, instrumentos complexos, e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 73% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD. Para mais info, clique aqui. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFD são PRIIPs, instrumentos complexos, e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 73% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD. Para mais info, clique aqui. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.