Nvidia - a nova estrela de Wall Street? ūüí•

15:20 25 de maio de 2023

A intelig√™ncia artificial deu uma "segunda vida" ao √≠ndice Nasdaq, fortemente sobrevendido at√© h√° pouco tempo. Conhecido pela sua grande parte de empresas tecnol√≥gicas, o √≠ndice sofreu no ano passado as maiores quedas desde o rebentamento da bolha da Internet. O ano de 2023 trouxe uma reviravolta inesperada, com os touros a regressarem em massa √† tecnologia. A raz√£o? A lufada de ar fresco associada √† intelig√™ncia artificial. O combust√≠vel para os aumentos foi fornecido hoje pela Nvidia, que, depois de uma recupera√ß√£o sem precedentes de quase 400% desde o seu m√≠nimo de Outubro, com quase 1 T de capitaliza√ß√£o, ficou em 5¬ļ lugar entre as empresas cotadas mais valorizadas dos EUA. Na sequ√™ncia dos resultados financeiros, as a√ß√Ķes da Nvidia registaram o maior aumento de um dia na capitaliza√ß√£o bolsista na hist√≥ria do mercado bolsista dos EUA. A avalia√ß√£o da empresa aumentou uns impressionantes 200 mil milh√Ķes de d√≥lares em apenas um dia.

 

Comece a investir hoje ou teste gratuitamente uma conta demo

Abrir Conta Real TESTAR A DEMO Download mobile app Download mobile app

Corrida à IA

O jogo global em torno da intelig√™ncia artificial est√° a ganhar √≠mpeto e as empresas do √≠ndice Nasdaq 100, saturado de tecnologia, est√£o a registar uma verdadeira ascens√£o devido ao aumento da procura de semicondutores avan√ßados que permitem o aumento da capacidade de computa√ß√£o utilizada nas chamadas redes neurais. Esta tend√™ncia, que j√° se verifica h√° v√°rios meses, recebeu hoje uma nova inje√ß√£o de combust√≠vel. O mercado bolsista adora inova√ß√Ķes tecnol√≥gicas que incendeiam a imagina√ß√£o dos especuladores, e o anterior boom das dot-com, alimentado pela inven√ß√£o da Internet, pode ser um exemplo claro disso. As coisas abstratas e as inven√ß√Ķes revolucion√°rias s√£o dif√≠ceis de avaliar, pelo que (como a hist√≥ria tem demonstrado) os mercados tendem a cair em estados extremos. Do p√Ęnico √† grande euforia. Embora a tend√™ncia da IA tenha "nascido" em circunst√Ęncias macroecon√≥micas pouco favor√°veis √†s novidades do mercado (menor liquidez, taxas de juro elevadas, dificuldade de acesso a financiamento externo mais caro), ela desabrocha como uma flor que cresce no deserto.

 

Pêndulo do mercado

Em 2022, o sector dos semicondutores foi um dos que mais perdeu, uma vez que os investidores avaliaram os riscos causados por fatores geopol√≠ticos e por um abrandamento nos sectores da computa√ß√£o em nuvem e dos jogos. Amea√ßado pela agress√£o militar chinesa, Taiwan - o centro da produ√ß√£o mundial de circuitos integrados de alto desempenho - e a guerra econ√≥mica entre os EUA e a China surgiram como pano de fundo das quedas do ano passado. O seu rescaldo s√£o as san√ß√Ķes sem precedentes impostas pelos EUA √† China, no que podemos ver como uma a√ß√£o decisiva para garantir o dom√≠nio tecnol√≥gico dos EUA. Sem acesso √†s mais recentes tecnologias e chips fabricados em tecnologia 5nm e 3nm, ser√° extremamente dif√≠cil para a China competir com o "Ocidente" em termos de desenvolvimento de IA. Mas o mercado deixou de se preocupar com a geopol√≠tica.

 

Primeira ronda

O que estamos a observar hoje é provavelmente apenas a "primeira ronda", e o vencedor final de todo o jogo da IA ainda não é conhecido. No entanto, o mercado bolsista tem visto o sector dos semicondutores como o beneficiário mais "óbvio" da IA. Embora o software ou as plataformas tecnológicas possam "falhar" e perder para a concorrência, a procura de chips parece quase óbvia se o poder de computação global aumentar.

 

A constru√ß√£o de novas f√°bricas para a ind√ļstria de precis√£o e a reorienta√ß√£o das cadeias de abastecimento log√≠stico s√£o extremamente dispendiosas e podem demorar anos. √Č por isso, entre outras raz√Ķes, que a concorr√™ncia de empresas como a Nvidia, a AMD, a Intel e outros gigantes do sector nem sequer se vislumbra no horizonte. Tal como durante a corrida ao ouro de Klondike, foram aqueles que venderam as proverbiais picaretas e p√°s que ganharam mais dinheiro, tamb√©m agora o mercado viu uma oportunidade para os chips. A fraqueza do sector dos jogos, o abrandamento da computa√ß√£o em nuvem e at√© o risco de conflito no estreito de Taiwan foram postos de lado. Onde √© que Wall Street deposita as suas maiores esperan√ßas?

 

Nvidia - a favorita dos touros

 

Durante muitos meses, a favorita dos touros foi a Nvidia. √Č nela que os mercados v√™em o principal benefici√°rio global do aumento da procura de chips de alto desempenho. O mercado bolsista est√° disposto a "pagar a mais" pelas suas a√ß√Ķes porque as previs√Ķes futuras parecem extremamente otimistas. A empresa indicou que iniciou a produ√ß√£o para o sector da IA suficientemente cedo - j√° em Agosto de 2022. Tr√™s meses antes do lan√ßamento p√ļblico do ChatGPT 3, a empresa estava a preparar-se para satisfazer a procura do mercado. A empresa fornece unidades de processamento gr√°fico (GPU) de alto desempenho, utilizadas em massa nos centros de dados. Comentando os seus resultados do primeiro trimestre, a empresa citou uma s√©rie de vantagens comerciais, descreveu o momento actual como uma revolu√ß√£o inform√°tica e destacou a "procura de solu√ß√Ķes para aplica√ß√Ķes de IA".

 

Juntamente com a valoriza√ß√£o das suas a√ß√Ķes, a AMD, a Intel e a Arista Networks tamb√©m est√£o a ganhar, mas n√£o s√≥ - o vento soprou nas velas de quase todas as empresas que t√™m a ganhar com a IA. A concorr√™ncia entre as grandes empresas BigTech, como a Microsoft e a Google, que se est√£o a superar mutuamente no aperfei√ßoamento de modelos lingu√≠sticos, e as capacidades revolucion√°rias da intelig√™ncia artificial generativa anunciam um verdadeiro avan√ßo tanto em termos de tecnologia como de neg√≥cios. No entanto, h√° que ter em conta que a verdadeira euforia em torno da IA s√≥ durou alguns meses at√© agora e que o mercado pode ser caprichoso. √Č poss√≠vel que o sentimento mude "de empresa para empresa", consoante as inova√ß√Ķes e os marcos tecnol√≥gicos. Ser√° que o Nasdaq j√° percebeu a pr√≥xima ferramenta revolucion√°ria que est√° a ser comparada √† Internet? √Č muito prov√°vel que sim.

 

Eryk Szmyd, analista de mercado da XTB Financial

Este material √© uma comunica√ß√£o de marketing na ace√ß√£o do artigo 24.¬ļ, n.¬ļ 3, da Diretiva 2014/65 / UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 15 de maio de 2014, sobre os mercados de instrumentos financeiros e que altera a Diretiva 2002/92 / CE e Diretiva 2011/61/ UE (MiFID II). A comunica√ß√£o de marketing n√£o √© uma recomenda√ß√£o de investimento ou informa√ß√£o que recomenda ou sugere uma estrat√©gia de investimento na ace√ß√£o do Regulamento (UE) n.¬ļ 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho de 16 de abril de 2014 sobre o abuso de mercado (regulamenta√ß√£o do abuso de mercado) e revoga√ß√£o da Diretiva 2003/6 / CE do Parlamento Europeu e do Conselho e das Diretivas da Comiss√£o 2003/124 / CE, 2003/125 / CE e 2004/72 / CE e do Regulamento Delegado da Comiss√£o (UE ) 2016/958 de 9 de mar√ßo de 2016 que completa o Regulamento (UE) n.¬ļ 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito √†s normas t√©cnicas regulamentares para as disposi√ß√Ķes t√©cnicas para a apresenta√ß√£o objetiva de recomenda√ß√Ķes de investimento, ou outras informa√ß√Ķes, recomenda√ß√£o ou sugest√£o de uma estrat√©gia de investimento e para a divulga√ß√£o de interesses particulares ou indica√ß√Ķes de conflitos de interesse ou qualquer outro conselho, incluindo na √°rea de consultoria de investimento, nos termos do C√≥digo dos Valores Mobili√°rios, aprovado pelo Decreto-Lei n.¬ļ 486/99, de 13 de Novembro. A comunica√ß√£o de marketing √© elaborada com a m√°xima dilig√™ncia, objetividade, apresenta os factos do conhecimento do autor na data da prepara√ß√£o e √© desprovida de quaisquer elementos de avalia√ß√£o. A comunica√ß√£o de marketing √© elaborada sem considerar as necessidades do cliente, a sua situa√ß√£o financeira individual e n√£o apresenta qualquer estrat√©gia de investimento de forma alguma. A comunica√ß√£o de marketing n√£o constitui uma oferta ou oferta de venda, subscri√ß√£o, convite de compra, publicidade ou promo√ß√£o de qualquer instrumento financeiro. A XTB, S.A. - Sucursal em Portugal n√£o se responsabiliza por quaisquer a√ß√Ķes ou omiss√Ķes do cliente, em particular pela aquisi√ß√£o ou aliena√ß√£o de instrumentos financeiros. A XTB n√£o aceitar√° a responsabilidade por qualquer perda ou dano, incluindo, sem limita√ß√£o, qualquer perda que possa surgir direta ou indiretamente realizada com base nas informa√ß√Ķes contidas na presente comunica√ß√£o comercial. Caso o comunicado de marketing contenha informa√ß√Ķes sobre quaisquer resultados relativos aos instrumentos financeiros nela indicados, estes n√£o constituem qualquer garantia ou previs√£o de resultados futuros. O desempenho passado n√£o √© necessariamente indicativo de resultados futuros, e qualquer pessoa que atue com base nesta informa√ß√£o f√°-lo inteiramente por sua conta e risco.

Partilhar:
Voltar

Os CFD s√£o instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda r√°pida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores n√£o profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.

Os CFD s√£o instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda r√°pida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 79% das contas de investidores n√£o profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.