Relatório especial: Ouro sobe com as tensões no Médio Oriente

11:57 8 de janeiro de 2020

O preço do ouro está em alta há muito tempo. O ouro apreciou no ano passado, apesar do clima otimista nos mercados financeiros globais. Os investidores sabem que os bancos centrais estão a envolver-se cada vez mais no estímulo à economia e tentam diversificar os seus portfólios com metais preciosos. O metal precioso ficou ainda mais reativo quando as tensões no Médio Oriente começaram a intensificar-se. O que é que isso significa para o ouro?

Os investidores ainda consideram o ouro como um ativo de refúgio

A morte de Qasem Soleimani no Iraque pelas forças americanas aumentou as tensões na região e criou o risco de um conflito militar de maior escala. Além disso, o assassinato esmagou as esperanças de assinatura de um novo acordo nuclear e fez o Irão retirar-se dos atuais compromissos de enriquecimento de urânio. O Irão também prometeu retaliar os EUA por matar um de seus principais oficiais militares. Não tivemos que esperar muito tempo por essa resposta. Menos de uma semana após o assassinato de Soleimani, o Irão lançou um ataque com mísseis contra alvos dos EUA no Iraque, alegando ter matado 80 soldados americanos.(notícia não confirmada pelos EUA). No entanto, o preço do ouro aumentou mais de 5% desde o início do conflito. O metal precioso chegou a quebrar acima dos US $1600 por um breve momento. E daqui para a frente?

Comparação do desempenho do preço do ouro nos primeiros 60 dias de vários conflitos militares no Oriente Médio. Fonte: Bloomberg, XTB Research

Observemos o desempenho do preço do ouro durante os conflitos militares anteriores no Médio Oriente. O desempenho atual dos preços é semelhante a outros dois períodos: após os ataques do WTC (linha preta) e a Primeira Guerra do Golfo (linha vermelha). O que pode ser interessante é que o preço do ouro foi completamente oposto durante a Segunda Guerra do Golfo. Isso pode ser explicado pelo fato de que o início de um conflito já era expectável, naquela época. No entanto, o preço do ouro começou a subir mais tarde. Note-se que a subida de preço em três dos conflitos mencionados variou de 7% a 12%. No entanto, é preciso ter em atenção que a reação do mercado à incerteza enfraquece com o tempo, e os fatores fundamentais começam a desempenhar um papel importante.

O ouro está sustentado em fundamentos sólidos

O preço do ouro já está em alta há algum tempo. As participações em ETF em ouro cresceram significativamente nos últimos dois anos, o que reflete o crescente interesse dos investimentos neste ativo. A combinação das preocupações sobre a desaceleração global com as preocupações em relação ao impacto do período prolongado de flexibilização quantitativa, levou os bancos centrais a tornarem-se compradores de ouro novamente. Os bancos centrais da Polónia, China, Rússia, Turquia e Índia foram os que fizeram as maiores compras de ouro em 2019. Se a incerteza económica continuar, o aumento da inflação e as taxas de juro em queda poderiam apoiar a procura por ouro no futuro. As compras dos bancos centrais e a procura dos investidores representaram mais de 50% da procura global por ouro no terceiro trimestre de 2019. A média móvel de quatro trimestres para esses dois fatores tem aumentado há já algum tempo. Além disso, se o dólar começar a cair, a procura asiática por jóias também poderá aumentar.

Média móvel de quatro trimestres para a participação de bancos de investimento e bancos centrais na procura global de ouro. Pode ser vista uma forte recuperação nos últimos dois anos. Observando as tendências macroeconómicas e geopolíticas atuais, a importância desses dois fatores pode continuar a aumentar. Fonte: Bloomberg, XTB Research

A participação de investimentos e de bancos centrais na procura global por ouro tem aumentado nos últimos trimestres. Simultaneamente, a procura por jóias permanece baixa devido à força do dólar dos EUA. O enfraquecimento da moeda americana poderá mudar a situação. Além disso, também poderá apoiar a procura dos investidores e as compras dos bancos centrais. Cabe realçar que, no início da década passada, a participação dos investidores foi ainda maior do que a de hoje. Fonte: Bloomberg, XTB Research

Cuidado com a sobrecompra do mercado!

O ouro tem um valor de suporte fundamental muito forte. Além disso, a incerteza geopolítica também aumenta a procura especulativa. No entanto, isso significa que o mercado poderá estar com compras em excesso e os investidores de curto prazo poderão começar a registrar lucros quando a situação acalmar. Os dados de posicionamento confirmam que o mercado está sobrecomprado. No entanto, se os fundamentos permanecerem favoráveis, os investidores de longo prazo poderão tirar proveito desta primeira obtenção de lucros pelos investidores de curto prazo.

Os posicionamentos especulativos longo, curto e líquido estão em níveis extremos. Isso mostra que o mercado de ouro está sobrecomprado e vulnerável a uma retração, caso a situação no Médio Oriente acalme. Tal situação pode ser uma oportunidade para investidores com horizonte de investimento mais longo. Fonte: Bloomberg

Suporte técnico da potencial correção. Poderemos observar uma reação do lado da oferta ao nível de Fibo de 61,8% do movimento descendente de 2011-2015. O alívio das tensões no Médio Oriente poderá provocar a correção. Pode ser identificado um suporte forte próximo à linha de tendência ascendente, ligeiramente acima dos US $1400. Por outro lado, se o ouro continuar a subir, o preço poderá dirigir-se aos US $1700-1740. Fonte: xStation5

 

André Pires, analista XTB
andre.pires@xtb.pt

Declaração de Risco

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas, as quais poderão superar os montantes inicialmente depositados.

Partilhar:
Voltar

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 77% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 77% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 77% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

×