Destaques da manhã, por Henrique Tomé - 22/08/2022

07:51 23 de agosto de 2022
  • Os índices dos EUA terminaram ontem as negociações em baixa, na sequência de um fraco desempenho das acções europeias. O S&P 500 caiu 2,14%, o Dow Jones caiu 1,91% enquanto o Nasdaq caiu 2,55%. Russell 2000 caiu 2,13%.
  • As acções asiáticas voltaram a prolongar as quedas da sessão de segunda-feira. O Nikkei e o Kospi desvalorizaram 1,2%, S&P/ASX 200 registou perdas de 1% enquanto que os índices da China registaram perdas na ordem dos 0,1-0,9%.
  • No lado europeu, os índices estão a ser negociados em terreno positivo, apesar das fortes quedas registadas ontem.
  • O EURUSD caiu ontem abaixo da paridade e atingiu o nível mais baixo dos últimos 20 anos. O principal par cambial está a ser negociado perto dos 0,9920
  • Os meios de comunicação social controlados pelo Estado chinês insinuaram que o Banco Popular da China pode decidir reduzir a taxa de reserva obrigatória este ano para ajudar a baixar ainda mais a LPR
  • O Citi espera que a inflação no Reino Unido ultrapasse os 18% em 2023, devido ao aumento dos preços da energia
  • O PMI japonês industrial para Agosto caiu de 52,1 para 51,0 - a leitura mais baixa em 19 meses. Serviços PMI caiu de 50,3 para 49,2
  • O PMI da manufactura australiana para Agosto desceu de 55,7 para 54,5. PMI Serviços caiu de 50,9 para 49,6
  • As criptomoedas estão a ser negociadas de forma mista - a Bitcoin cai 0,4% enquanto que o Ethereum sobe 0,3%. O EOS cai quase 5%.
  • As commodities energéticas estão hoje a ser negociadas em terreno positivo. O petróleo continua a recuperar
  • Os metais preciosos mantêm-se mistos -  platina e prata caem, enquanto o ouro e o paládio ganham
  • O JPY e o NZD são as principais moedas com melhor desempenho, enquanto o EUR e o CHF são as moedas que mais recuam

O petróleo esteve exposto a muito volátil ontem (círculo laranja) após as declarações do ministro da energia da Arábia Saudita que referiu a possibilidade da OPEP baixar os níveis de produção para estabilizar o mercado. Fonte: xStation5

Comece a investir hoje ou teste gratuitamente uma conta demo

Abrir Conta Real TESTAR A DEMO Download mobile app Download mobile app

Este material é uma comunicação de marketing na aceção do artigo 24.º, n.º 3, da Diretiva 2014/65 / UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 15 de maio de 2014, sobre os mercados de instrumentos financeiros e que altera a Diretiva 2002/92 / CE e Diretiva 2011/61/ UE (MiFID II). A comunicação de marketing não é uma recomendação de investimento ou informação que recomenda ou sugere uma estratégia de investimento na aceção do Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho de 16 de abril de 2014 sobre o abuso de mercado (regulamentação do abuso de mercado) e revogação da Diretiva 2003/6 / CE do Parlamento Europeu e do Conselho e das Diretivas da Comissão 2003/124 / CE, 2003/125 / CE e 2004/72 / CE e do Regulamento Delegado da Comissão (UE ) 2016/958 de 9 de março de 2016 que completa o Regulamento (UE) n.º 596/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito às normas técnicas regulamentares para as disposições técnicas para a apresentação objetiva de recomendações de investimento, ou outras informações, recomendação ou sugestão de uma estratégia de investimento e para a divulgação de interesses particulares ou indicações de conflitos de interesse ou qualquer outro conselho, incluindo na área de consultoria de investimento, nos termos do Código dos Valores Mobiliários, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 486/99, de 13 de Novembro. A comunicação de marketing é elaborada com a máxima diligência, objetividade, apresenta os factos do conhecimento do autor na data da preparação e é desprovida de quaisquer elementos de avaliação. A comunicação de marketing é elaborada sem considerar as necessidades do cliente, a sua situação financeira individual e não apresenta qualquer estratégia de investimento de forma alguma. A comunicação de marketing não constitui uma oferta ou oferta de venda, subscrição, convite de compra, publicidade ou promoção de qualquer instrumento financeiro. A XTB, S.A. - Sucursal em Portugal não se responsabiliza por quaisquer ações ou omissões do cliente, em particular pela aquisição ou alienação de instrumentos financeiros. A XTB não aceitará a responsabilidade por qualquer perda ou dano, incluindo, sem limitação, qualquer perda que possa surgir direta ou indiretamente realizada com base nas informações contidas na presente comunicação comercial. Caso o comunicado de marketing contenha informações sobre quaisquer resultados relativos aos instrumentos financeiros nela indicados, estes não constituem qualquer garantia ou previsão de resultados futuros. O desempenho passado não é necessariamente indicativo de resultados futuros, e qualquer pessoa que atue com base nesta informação fá-lo inteiramente por sua conta e risco.

Partilhar:
Voltar

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 82% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.

Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 82% das contas de investidores não profissionais perdem dinheiro quando negoceiam CFD com este distribuidor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFD e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro.