⛽ Petróleo: ainda há espaço para mais ganhos?

14:14 13 de janeiro de 2021

Os preços do petróleo aumentaram mais de 10% ao longo deste ano. Será que existe espaço para mais ganhos?

O preço do petróleo continua em alta, iniciado no final de outubro de 2020. Apesar da deterioração da situação da pandemia em todo o mundo, o petróleo já valorizou mais de 50% em comparação com os mínimos atingidos em Novembro. Quais são as razões por detrás deste "rally"? Será que ainda existe a possibilidade de prolongar estes ganhos? Tentaremos encontrar respostas para essas perguntas.

Fatores positivos para o Petróleo:

  • Enfraquecimento do dólar americano - o dólar americano desvalorizou significativamente desde as eleições presidenciais nos EUA

  • O enfraquecimento do USD e a tendência de alta no mercado de petróleo anunciam a entrada de um grande estímulo dos EUA - Joe Biden pretende fornecer trilhões de dólares para apoiar a economia, incluindo pagamentos diretos aos cidadãos

  • A procura na Ásia - China tem vindo adquirir grandes quantidades de matérias-primas , incluindo petróleo, desde que a pandemia de coronavírus atingiu o mundo ocidental

  • Vacinas - as vacinas contra o coronavírus chegaram muito mais cedo do que o esperado, sugerindo que o "retorno ao normal" também pode ocorrer mais cedo

  • Limites de produção da OPEC + - produtores de petróleo decidiram não elevar as cotas de produção, enquanto a Arábia Saudita se comprometeu a limitar ainda mais a sua produção devido à incerteza da procura

  • Hedging da inflação - 2021 deve trazer retorno da inflação e o aumento dos preços das matérias-primas deve ser um dos fatores que contribui.

Fatores negativos para o Petróleo:

  • Incerteza da pandemia - apesar do grande estímulo e do início da vacinação, a incerteza relacionada à pandemia permanece

  • Mobilidade - as restrições ao coronavírus continuam a limitar a mobilidade em todo o mundo, o que tem um impacto negativo na procura

  • Potencial sell-off em Wall Street - as avaliações das ações dos EUA estão altamente alavancadas, o que cria um risco de correção. Nesse cenário, ganhos do dólar podem impactar negativamente o preço do petróleo

  • Mudanças na indústria automóvel- maior desenvolvimento e adoção de veículos elétricos podem limitar a procura por veículos com motor de combustão devido a regulamentações ambientais

Será que existe espaço para mais ganhos?

Os preços do petróleo aumentaram mais de 10% até este ano. Cada vez mais instituições projetam que os preços podem recuperar até aos US $ 65-70 por barril. Por um lado, a OPEC está preocupada com a procura no curto prazo. Por outro lado, a EIA prevê que a procura começará a aumentar a partir de meados de 2021 e ao longo de 2022. No entanto, espera-se que 2022 seja o último ano de aumento ano a ano na procura de petróleo.

A EIA prevê um enorme déficit no mercado de petróleo no primeiro semestre de 2021. Espera-se que a procura e a oferta se equilibrem até o final de 2022. Fonte: EIA

A curva de futuros do petróleo mudou muito. Ao longo de um mês, os spreads de 6 e 12 meses aumentaram significativamente. O backwardation ainda não é extremo (6 e 12 meses), portanto há espaço para os preços aumentarem alguns dólares adicionais por barril. O posicionamento especulativo é moderado e ainda não está a indicar nenhum sinal de alerta. Por outro lado, o spread entre os contratos de junho e dezembro mostra que o petróleo pode estar a começar a dar sinais de sobrevalorização.

Spread janeiro-junho (linha branca), spread janeiro-dezembro (linha amarela), spread junho-dezembro (linha verde). Fonte: Bloomberg

Análise técnica

O Petróleo Brent subiu em direção a uma importante zona de resistência. No entanto, ainda há algum espaço para ganhos até que a resistência chave de curto prazo na área de $ 60 seja alcançada (retração de 78,6% e limite superior do canal). O RSI mostra que esta matéria-prima está sobrecomprada, mas os padrões sazonais sinalizam que estamos próximos da baixa sazonal e o pico deve ser alcançado por volta de 10 de fevereiro. Fonte: xStation5

Declaração de Risco

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nestes conteúdos. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas.

Partilhar:
Voltar

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 80% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 80% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.

Os CFDs são PRIIPS, a sua compreensão poderá ser difícil e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem. 80% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A.